Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O restaurante mais exclusivo de Lisboa

por Fátima Bento, em 13.12.17

O convite surgiu-me envolto em mistura, quais vapores de azoto... e eu, que adoro surpresas, aceitei de imediato!

Honestamente ele viu-se grego para conseguir mesa - as reservas estão permanentemente esgotadas.

A sala não sendo grande, e cosy banhada por luz natural - e estava um sol de dar gosto!

 

Aquando do convite, não recebi muitos pormenores, e foi-me enviado o menu na véspera

 

Feno, Pedras e Mar 

Vieira da Silva 
Imperador da Bolívia
Sinaloa, França
Sol de Inverno
 
Prometia a surpresa que eu desejava... só faltou vendar-me os olhos!
 
Depois do aperitivo - um Madeira Tonic com orange zest, passámos à refeição mistério... 
 
Começámos então por Feno, Pedras e Mar, prato constituído por ostras fumadas no feno, flan de couve flor, mignonette e salada de agrião

20171206_132748.jpg

A ostra estava deliciosa - eu que nem sou fã de cebola crua (é uma das minhas embirrações de estimação) digo já que combinava divinamente. E a salada equilibrava o adocicado do flan.

 

Como segundo prato, foi-nos apresentado então Vieira da Silva - Soufflé de vieira, cracker de camarão, óleo de aipo, puré de beterraba, espuma de cenoura, puré de cherovia e floretes de bróculos (prato da responsabilidade do Chef Mais que Tudo do nosso Trip)

20171206_135118.jpg

Aqui a assinalar pela negativa. só mesmo a fotografia que merecia estar melhor: no prato todos os elementos se completavam num equilíbrio perfeito. Brava, brava!!!

 

O terceiro prato, Imperador da Bolívia era composto por imperador grelhado com romesco de amendoim, barrigoule de beringela, espinafres salteados, cogumelos, servido com pão de mostarda

20171206_141222.jpg

Absolutamente perfeito! O meu prato principal favorito. Tudo, do molho de amendoim ao pão de mostrada, estava delicioso, e o peixe grelhado no ponto. 

 

Continuámos então com Sinaloa, França - Carré de borrego com o seu jus, nougatine, taco de borrego, salsa borracha, batata duchese e molejas

20171206_143044.jpg

Aqui EU tive um problema que não se prendeu com a conceção do prato... "como é que como isto?" Foi uma luta... vira para um lado, para o outro corta daqui, dali, e no final, as costelas levaram muita carne agarrada quando voltaram para a cozinha. Mais tarde fui informada que a forma correta de comer tal isso é à mão. Num Michelin, ou similar, a carne vem preparada para ser facilmente degustada com o uso de talheres, mas em casos como este, é mesmo à mão... não tira isto mérito ao prato, de todo! E as molejas (uma estreia para mim) estavam deliciosas. Eu é que sou bimba...

 

Por fim,  a sobremesa, Sol de Inverno que consistia em blinis de chocolate, gelado de marmelo, diospiro com maple, caramelo de maracujá e madalenas.

20171206_145102.jpg

Não me paçam para escolher o que mais gostei da seleção de sobremesas, já que gostei de tudo!

 

Foi magnifico, e na melhor das companhias, a tempo ainda de umas repenicadas beijocas de parabéns, já que tinha celebrado 31-aninhos-29 na véspera.

 

P.S: Adorei conhecer o Chef Mais que Tudo, e pude vislumbrar a pessoa bonita que é. 

 

Aguardo o nosso próximo meeting :)

 

Este post está a ser publicado ao mesmo tempo que a impressão do Trip sobre a experiência. Passem no blogue dele e comprovem!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 observações

Sem imagem de perfil

De Prontx, 'tá bem... a 13.12.2017 às 18:00

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 13.12.2017 às 18:15

Não, nós estávamos concentradíssimos, só sussurrávamos eu não sei comer isto!


Mas foi uma bela experiência. O único problema foi que quem nos atendia estava tão nervoso, que me pôs a mim desconfortável (eu sou um bocadinho esponja, e absorvo a insegurança do outro, acho que é excesso de empatia a correr nas veias) de modo que quando se aproximava para explicar alguma coisa eu (dentro da minha cabeça) fechava os olhos com força e pensava ok, ok, já percebemos, podes ir!


Depois ficámos a saber que lhes tinham dito que nós tínhamos de ser atendidos na perfeição, e que à pergunta são do meio? a resposta foi ah não sei, não sei...


Coitado. Não se faz! 
Imagem de perfil

De Happy a 13.12.2017 às 18:00

Que inveja!! 
E o tal momento deve ter sido hilariante!!  
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 15.12.2017 às 15:02

(olha juro que respondi... devo ter-me esquecido de clicar publicar comentário... cabecinha...)
Dizia eu que mantivemo-nos concentradíssimos, e demos os nosso melhor... não foi percetível que não faziamos ideia do que estavamos a fazer. Eu ainda sussurei como é que como isto? mas mais nada.


Umas horas depois, a tomar um café com três dos chefs, é que o Mais que Tudo disse que era com as mãos... sempre a aprender...
Imagem de perfil

De Alexandra a 14.12.2017 às 23:09

Estamos muito xiques!! 
Só não tenho inveja porque não comia nada disto, mas, por encomenda o chef devia fazer qualquer coisa vegeta, digo eu :)
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 15.12.2017 às 14:58

Pois... neste tipo de restaurante não dá para pedir alterações...


Já foste ao Triptofano? Ele lá explica que foi na Escola de Hotelaria. São finalistas, mas o atendimento deixou um bocadinho a desejar...
Imagem de perfil

De Alexandra a 15.12.2017 às 22:41

Esse tipo de restaurantes não prestam para nada (pronto, estou oficialmente invejosa, queria uma coisa assim chique mas em vegetal... chefs feios!!) 
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 15.12.2017 às 22:44

Mas olha que é uma sugestão que podes enviar por mail para lá, para o próximo curso! Fazerem uma refeição de cinco pratos completamente vegetariana! Amanhã já digo ao Chef Mais que Tudo  - que vai dar graças aos céus por já ter acabado o curso nessa altura 
Imagem de perfil

De Alexandra a 15.12.2017 às 22:48

Era um desafio, só tinha que agradecer e fazer coisas boas :)
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 15.12.2017 às 23:07

Eu depois conto-te a reação... 

Opiniões, ta-taus, miminhos... AQUI!



Mais sobre mim

foto do autor



cinq.JPG

 


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagramem-me:





bloglovin1.jpg

 


Sigam-me aqui: