Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

04
Nov14

Onde fica a inteligência e o sentido de humor no meio disto tudo?

Fátima Bento

Há coisas que me encanitam. Assim de ficar

a) de boca escancarada e

b) a não acreditar que, de facto, há gente que só lê mesmo o que as palavras formam,

sem perceber o tom, e completamente alheias a noções básicas de ironia, sarcasmo, ou pura e simplesmente incapazes de ver os tons de cinzento entre o preto e o branco. E dão-me pena, essas pessoas, juro.

Vem esta introdução, a respeito de um texto escrito por um senhor que não conhço de lado nenhum e de quem nunca ouvi falar [desculpe lá qualquer coisinha, doutor (ou quase) Tiago Matos Silva], para o P3, e que se dá pelo titulo de "Sou lisboeta".

Ora que fui ler o texto instigada pela reação de uma outra blogger que o partilhou no facebook com o comentário "Eu sou lisboeta. E tenho muita vergonha deste texto".

Como disse, fui ler (e vós que estais aqui a ler-me, clicai no link e lede também, 'ó fáchavor!') e deparei-me com uma coisa fantástica. Fez-me lembrar  programa do Bourdain na capital, e as reações ao mesmo.

Primeiro: aquela Lisboa (a do Tiago e a do Bourdain, que são uma e a mesma), é mesmo assim. Mesmo assim. Não compreendo o porquê de aceitar que existe esta Lisboa [tal como outra, mais cosmopolita, eventualmente, mais 'movida', a das Vogue's night out, a do Chiado e dos chiadistas, a de quem vai comprar café à boutique Nespresso do Chiado porque é 'a do Chiado' e à Fnac do mesmo sítio pela mesma razão (e digo já que se alguma vez escrever um livro assim mesmo bom, que dê direito a 'máquina de marketing' - e a um belo investimento aqui do meu bolso, na volta - quero fazer o lançamento nessa Fnac - é o meu lado de saloia deslumbrada), mas essa Lisboa, que também daria um fantástico texto - a começar lá em cima 'no cor-de-rosa' e a vir por aí abaixo, mais de que um local, são pessoas].

E é também de pessoas que o Tiago fala neste texto. Umas em que se revê, outras em que não se reverá tanto, mas que abre os olhos e vê quando se move na nossa 'cidade real', e se cruza com lisboetas reais como o próprio. E coloca no texto o feio, o mau, o belo, o bom, embrulha e 'tomem lá'.

300913.png

(foto de ENRIC VIVES-RUBIO)

Este 'Sou Lisboeta', na minha opinião é um belo texto. 

Já na opinião dos comentadores da partilha (que está aqui, é só descerem até encontrar a partilha do texto e abrir os comentários), é tudo menos isso.

Acho que cada vez mais se está a perder a capacidade de rir de nós próprios, o sentido de humor, tout court. E cada vez mais, preferimos que nos embelezem o embrulho, e enquanto o  fazem, assobiamos e olhamos para o lado.

Como disse, gostei muito do texto. Só não concordo com uma coisa: não são só os Lisboetas que limpam a sala nos sinais vermelhos...

Pág. 2/2

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

nobody.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora