Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Fora do sério

Ontem à noite vi um filme que, presumo, não estava em dia de ver. Perto do final eu às tantas já estava a mandar bocas atravessadas ao Victor e não era na brincadeira.

 

Não me perguntem porquê, mas o raio do filme deixou-me c'uma destas telhas... e farta (era grande cumó raio) e se aquilo era uma comédia romântica, eu não me ri, e não detetei qualquer romantismo na coisa. É que as emoções do tipo fofinho nem atingem a superficie, quanto mais aprofundarem um nadinha que fosse... népia.

 

O raio do movie acabou depois da meia noite, o que fez com que eu já não lesse (leio na cama, e a à meia noite o Victor transforma-se em abóbora - mas das chatas - e quer adormecer (já que tem de se levantar às 6:00h e eu nem estou a dizer que não tenha o seu quê que razão), e embirra que não o vai conseguir com a minha luz acesa, e o diacho.

 

E isto de lutar com o gajo para ter calma que adormece à mesma (o que regra geral, acontece mesmo!) e lutar com o calhamaço - é que ainda não consegui descobrir uma posição minimamente confortável para o ler na cama! - depois da estucha que foi ver o fime, desisti. Tomei os comprimidos e apaguei a luz.

 

O filme? Ah, o filme era o "Maggie's plan/Maggie tem um plano". SE CALHAR (este se calhar tem reservas, reticências, e tudo e tudo) noutro dia a coisa até tinha deslizado, entre goles de água, ou liquido similar. Mas ontem... ah, ontem foi um sacrificio.

Eishhh!

Maggies-Plan-Movie-Posters.jpg

 

3 formas de lidar com a "proatividade" da sogra - a escolha de Fátima B.

Isto já foi há uns tempos e eu não pesava o que peso agora (para quem anda distraído, pesava menos meia dúzia de quilos - no mínimo)

 

A minha sogra, volta não volta faz encomendas da banha da cobra Viva Melhor. E aqui há uns tempos enganou-se na encomenda de calcitrin, ou lá o que é que eles vendem para os ossos e que ela compra e... encomendou um kit completo de emagrecimento.

 

"Ó Fátima, eu comprei umas coisas e ofereceram-me isto, veja lá se quer..." e saca da caixa com o kit completo. E eu sou parva e acredito, pois que eles, claro, oferecem um conjunto que vendem por €45,00 na compra do cálcio que custa €27,00 hum hum... isso e o Coelhinho da Páscoa a jantar com o Pai Natal mais a Fadinha dos Dentes.

 

Opções de resposta:

      a) desculpe lá, mas está a chamar-me gorda?

      b) acha que eu preciso da sua expertise para emagrecer, se eu o desejar fazer?

      c) ah, pois claro que sim, levo já (a cavalo dado, coisa e tal)

 

Pois que ganhou a c) que a cavalo dado coisa e tal. Drenantes tenho dois ou três por abrir cá em casa - mais um, menos um. E o crómio é uma coisa que quero experimentar porque diz-que-diz que é uma coisa que inibe a necessidade de doces.

 

Se já experimentei? Não. Se tenho intenção de o fazer: muito provavelmente. Tenho para mim que aquelas coisas, na pior das hipóteses, não fazem nada (é como o calcitrim e os outros clones com outros nomes, que já foram proibidos em quase todos os países da Europa, não tanto porque façam mal, mas porque... não fazem nada, e é considerada publicidade enganosa, no mínimo).

 

 

 

Mas digam lá que não querem ter uma sogra como a minha?

 

 

A nora 'tá gorda?

Bocas foleiras?  Com esta nora não resultam, tem surdez seletiva.... então,  é pegar o boi pelos cornos e mandar vir um conjunto de "coisas-que-até-diz-que-emagrecem".

 

Palavras para quê? Ele há coisas piores.

 

Há, não há?

 

Uma foto por dia - semana #2

Esta semana em fotos não faz justiça à montanha russa que a mesma foi. Mas, de alguma forma, resume-a. E se dos dias 9 a 11 (fotos 2 a 4) foi dura - com maiúscula - já quinta 12 foi de rescaldo arrumação de ideias e ainda alguma tristeza, sexta 13 obriguei-me a iniciar uma subida que desembocou num sábado 14 que valeu a pena. Ó se valeu!

 

PicMonkey Collage1.jpg

PicMonkey Collage2.jpg

PicMonkey Collage3.jpg

Legenda: 

1. (dia 8) Domingo frio, e muito quentinha enroscada no colinho, tapada E encostada ao aquecedor. Vida de gata é um regalo!

2. (dia 9) Em dia não, uma pizza de salmão e rúcula para o jantar, acompanhada por uma garrafa de 'Sossego', tinto 

3. (dia 10) Ainda era dia 9 nos Estados Unidos, mas aqui já era 10. Vamos ter saudades tuas - e há tanta gente que nem imagina ainda quantas...

4. (dia 11) Dia de psicoterapia em semana 'desesperante-de-desesperada'; delicadezas no lavabo do consultório.

5. (dia 12) O Inverno teima em pintar-se de cores Outonais - e de luz de Primavera. Tão bom 

6. (dia 13) Dia de (finalmente!) ir ver o Sing numa sala inteirinha só para mim!

7. (dia 14) Jantar com amigos. Dores de barriga e lágrimas de tanto gargalhar. E um cheesecake de frutos vermelhos bom-de-bom!

 

Já sabem, para me acompanharem, é aqui, ó:

FBinst.jpg

 

Boa semana para todos!  

Aquele momento...

Aquele momento em que, se tinhas dúvidas, as perdes.

Em que se pensavas, 'sa lixe, é só mais um/a deixas de pensar

Em que achavas, ah, isto é hormonal, amanhã já não é igual, paras de achar.

 

Aquele momento em que decides ir à Conforama ver os sofás-cama, e decides parar no coffee corner. Tiras o café e a garrafa de água das maquinas de vending, diriges-te à mesa - daquelas altas, com cadeiras de bar, escandalosamente altas, e descobres... que não consegues subir. Que aquela merda até tem uma alavanca no assento, mas nada. Que se metes o pé no apio para os pés, se balda a cadeira, e a mesa, que (WTF?) é leve e não está pregada ao chão (desculpem: uma mesa de metro e vinte de altura em que se deres um murro ela se esbardalha para cima de ti?? Diz muito da qualidade dos produtos dos senhores...) 

 

Aquele momento em que sussurras (a metro e meio de distância): marido, não consigo subir... mesmo baixinho, para ninguém ouvir. Tão baixinho que nem ele, que está de costas viradas à espera que a maquina acabe de urinar o café para o copo de plástico (atenção, o café era bom!) te ouve. 

E depois ele vem senta-se e tu repetes: não consigo subir... ele mete a mão no manipulo e a cadeira dele desce - ativada pelo peso do corpo dele. E trocamos. Eu sento-me (finalmente!) e começo a agitar o café, mas quero-a um nadinha mais alta.

E então, levo a mão ao manipulo (oqueéqueeuestavaapensarsenhores???) e BUM, caio na cave, e fico com o tampo da mesa à altura do queixo. E faço beicinho, enquanto o Victor diz: agora ficas assim, prontx. E eu com cara de criancinha que fez asneira mantenho o beicinho, levanto o cotovelo e vou agitando o café à altura dos olhos. Vá anda lá outra vez... e nova dança das cadeiras. Sento-me e digo, eu já não toco em nada a não ser no agitador e no copo, chiça!

 

 

Meus amores se isto não me puser amanhã na pedovia, imbuída de boas intenções, depois de tomar o detox ao levantar, ter engolido o batido breakfast protein da Gold Nutrition*, com o qual terei empurrado duas capsulas de café verde, não sei o que fará...

 

 - mas olhem que se rir emagrecer, já devo ter perdido perto de três quilos desde que comecei a escrever este post...

 

* o nome não é bem este mas: é batido, é proteína, é breakfast, é Gold Nutrition.