Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Vocês são os maiores do mundo e arredores!!!!

 

 

511_wow.gif

Lancei um repto que pensei não conseguir: juntar 50 perguntas feitas por quem me lê até dia 2 de Outubro, dia em que faço 50 anos; uma pergunta por cada ano!

 

E não é que no dia 26 a lista ficou completa?

 

Eu estou pasma com a vossa adesão ao desafio! E tão, tão contente!

 

 

Olhem a lista:

  1. Neste meio século de vida, quais foram as aprendizagens mais importantes que fez acerca da vida? (PP/insensato)
  2. Assim à guisa de resumo de meio século, o que te falta fazer? (happy)
  3. Se fosse possível, voltavas atrás? (David Marinho)
  4. O que é que tencionas deixar totalmente para trás nesta nova etapa? (mula) 
  5. Qual a maior lição de vida que aprendeu ao longo destes 50 anos? (chic)
  6. O que é mais valioso nesta vida? (chic) 
  7. Quais as coisas que mais gostaste de fazer ao longo destes 50 anos? (Célia/raios de sol)
  8. Quais as coisas que mais detestaste  fazer ao longo destes 50 anos? (Célia/raios de sol)
  9. Aos 50, és a pessoa que esperavas ser quando tinhas 20 anos? (Alexandra/blog de algo)
  10. Que tem a Fátima atual a dizer à Fatinha dos 15 anos? (alexandra)
  11. Já agora, manda um recado à D. Fátima, de 80 anos. (alexandra)
  12. Se tivesses que escolher um, e apenas um, cosmético para usar durante o resto da tua vida qual seria? (abordar sff a marca, zona para onde ele é destinado e outros detalhes pertinentes) (Triptofano)
  13. Se pudesses dar um conselho ao teu eu de 20 anos, qual seria? (mami)
  14. De que mais te orgulhas neste teu percurso? (mami) 
  15. Qual a canção que mais tempo te acompanhou? (mami)
  16. É verdade que o sexo é mais gostoso aos 50 anos do que aos 20? (desarrumada)
  17. Se pudesses ser a primeira mulher presidente de Portugal aceitarias? (desarrumada)
  18. Se tivesses nascido e vivido noutro país, qual teria sido para ti o sítio "ideal"? (desarrumada)
  19. Agora, com 50 anos, terias deixado de trabalhar para estar com os filhos a tempo inteiro? (Angela)
  20. Vantagens e desvantagens da decisão de ter deixado de trabalhar para estar com os filhos a tempo inteiro?(Angela)
  21. Como te sentes com 50 anos? (Angela)
  22. Tens projectos? (Angela)
  23. É verdade que não há regrets, que a maturidade nos traz também aceitação?(happy)
  24. Qual 'O' momento mais marcante da tua vida?(happy)
  25.  A vida vai-nos mudando. Quais os princípios que consideras serem os mais valiosos, os que te acompanharam sempre e nunca mudaram?(happy)
  26. Amar um homem só?(happy)
  27. Que opções diferentes terias tomado?(happy)
  28. Aos 50, olhando para trás achas que a tua vida seguiu o rumo que escolheste ou foi o destino que te trouxe até aqui? (Psicogata)
  29. A partir dos 50 é que é! Pronta para a ramboiada?(Inês) 
  30. Tens medo de ficar careca, desdentada, com verrugas e com tufos nos sinais?(happy)
  31. A Tena Lady já te contactou?(happy)
  32. Se pudesses mudar alguma coisa na tua vida o que mudavas? (Célia)
  33. Países ou lugares que ainda queres visitar? (Célia)
  34. O que muda em nós mulheres dos 40 para os 50? (Célia)
  35. De presente de aniversário dizem que podes ser, por 24 horas, quem tu quiseres. Em quem se transforma a Fátima? (pode ser alguém que existe, ou alguém que gostavas que existisse) (Alexandra)
  36. Cai-te 1 milhão de euros do céu (pode ser o do Euromilhões, vá) o que fazes? (Alexandra)
  37. Qual foi aquela loucura, mas loucura assim a sério de fazer corar as pedras da calçada, que ainda não tiveste coragem de fazer? (Triptofano)
  38. O que mais amas fazer na tua vida?(Tânia @TGV via Instagram)
  39. Sentes o peso do 50? (cheia)
  40. Achas que podes ser sempre jovem, contes os que contares? (cheia) 
  41. Como te sentes ao chegar aos cinquenta? (João B., via MP Facebook) - resposta aqui
  42. Olhando para trás, o que ficou por fazer, por dizer e alcançar? (Carlos)
  43. Aceitavas ser barriga de aluguer, para que outra mulher concretizasse um sonho: ser mãe sem poder ter filhos?(cheia)
  44. Livro da tua vida? Porquê? (Leonor, via MP, Facebook)
  45. Achas que os 50 correspondem a meia idade? (anónimo)
  46. Se tivesses que ser uma super vilã qual seria o teu maléfico poder?(Triptofano)
  47. Sai uma lei que obriga todas as mulheres a irem ao registo civil dar dois nomes próprios e dois apelidos à sua vagina! Como se chamaria a tua? (Triptofano)
  48. Na mesma onda da minha pergunta anterior, qual é o filme da tua vida? (Leonor, via MP, Facebook)
  49. Qual foi a pergunta que não te fizeram e que adorarias ter respondido?(happy)
  50. O que dizem os teus olhos (alexandra)

 

 E porque as perguntas são como as cerejas:

 

  • Aos 50 anos ainda há algum sonho da infância por realizar?(C.S)
  • Aos 50 o que é que se faz: acredita-se mais ou duvida-se mais?(C.S)
  • É pá tu sentes-te com esta idade?(Marrocos e o Destino) - resposta aqui 

 

Eu agradeço, do fundinho, a quem me deixou as perguntas, das mais sérias às mais divertidas, daquelas que se respondem de um sopro, às que me vão obrigar a procurar a resposta cá dentro. E vou agradecendo pessoalmente à medida que for respondendo. Algumas vão ter um post só para aquela pergunta, outras vão ser respondidas em grupo, porque o texto abrangerá mais de que uma... isto foi o que já consegui descortinar. O resto ainda não sei...vou vendo, e respondendo.

one5.JPG

 

O primeiro post com resposta à primeira pergunta escolhida será publicado no domingo, mais ou menos às 14/15h, e será à pergunta da Mula

"O que é que tencionas deixar totalmente para trás nesta nova etapa?" (nº 4)

Porque ISTO pode ser respondido mesmo antes de mudar o ano!

 

Por isso domingo passem por aqui. 

 

Amanhã vou fazer alguma introspeção para responder adequadamente sem deixar nada para trás!

Cherioo!!!

Mother mia!

cartaz.jpg

 

Hoje fui ver Mother!, porque quis formar a minha própria opinião. Tanta gente a dizer mal, alguns (diz que) a dizer bem - não li ninguém que dissesse bem, mas gostava - e como não gosto que tenham opinião por mim, fui.

 

Bom, para começo de conversa, não consigo classificar o filme. Não há rótulo que se lhe cole... terror? Ná, tem uma cena Yuck ou duas, mas não é terror; thriller? Talvez um pouco mas ainda assim... não lhe ponho etiqueta.

 

mother 1.jpg

 

Pelo inicio do filme antecipei o final e o core da história . Acho que não é difícil. E é fantástico o trabalho da câmara, ao incidir sobre Jennifer Lawrence quase todo o tempo, porque ela é, de facto, o pilar da história. Todos os outros personagens são acessórios, e no final entendemos porquê - e que ninguém é insubstituível....

 

Nunca, repito, NUNCA vi um filme como este. E isto não é uma opinião nem positiva nem negativa. Isto é uma afirmação.

 

mother desenho.jpg

 

Darren Aronfsky venda-nos e roda-nos um sem número de vezes sobre nós próprios, antes de nos pôr a caminhar sobre um arame esticado a uma altura descomunal. Às paginas tantas estamos completamente perdidos, e se o cérebro tenta fazer sentido do que vê, a mente cede e desiste de todo. A trama numa espiral em crescendo, numa velocidade cada vez mais acelerada deixa-nos sem conseguir ligar frases no cogito. Tudo deixa de fazer sentido até que PUFF volta a fazer, e acaba.

 

Saí de lá com a cabeça a rodar. Tentar fazer sentido... o meu filho perguntou-me quando cheguei a casa: qual a mensagem do filme? Eu consegui responder, o narcisismo, a cultura do ego e até onde se vai pela adulação. Mas tenho a certeza que esta NÃO é a RESPOSTA CERTA, provavelmente esta não existirá.

 

mother barden.jpg

 

Não me tenho em conta de ser uma pessoa curta das ideias, mas saí a sentir-me estúpida. A sentir que a confusão que o ponto alto do filme é não faz qualquer sentido . e SEI que a ideia é mesmo essa, mas não entendo, palavra, o porquê. O porquê de investir numa história assim, contada daquela forma completamente louca - com direito a internamento.

 

Mother! pode ser um grande filme. Ou não. Mas não é, repito, NÃO É uma porcaria a que se dê uma estrela.

 

mother.jpg

 (este é, mesmo, o meu poster favorito)

 

E sei que vai andar a passear-se na minha memória durante algum tempo*...

 

 

* ...e garanto que existem coisas muito mais agradáveis para ocupar o seu espaço no meu disco rígido. Mas não o vou conseguir apagar tão já.

 

P.S: palpita-me que ainda volto a falar no assunto... estou a escrever e os pensamentos a dar reviravoltas parecem peças de puzzle com hipóteses de encaixar...

 

fotos daqui

 

Alfabeto Literário V. Voltarei a ler.

Voltarei a ler os três favoritos. Falar neles acordou o bichinho, estou cheia de vontade de os reler!

Também quero repetir "O clube de tricot de sexta à noite", "A Vida Secreta de Uma Mãe Desleixada"...

 

O-Clube-de-Trico-de-Sexta-a-Noite.jpgA-Vida-Secreta-de-Uma-Mae-Desleixada.jpg

 

Acho que neste momento me apetece repetições, mesmo.

 

Neste tag participo eu, a MagdaJustMaria João CovasSofiaGonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.wink, , HappyCarla B. e Princesa Sofia; podem cuscar as respostas nos nossos  blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados

 

Uma tapa, uma cerveja - e a melhor das companhias!

Andávamos a falar em tomar um café e eis que começa a Rota de tapas... juntar 2+2 foi fácil... o difícil foi escolher! Mas escolhemos tão bem!

As moelas estavam um mimo, e a cerveja Estella Damm aprovadíssima - e eu sou A mecinha que não gosta de cerveja...

Como a conversa estava longa e animada, experimentámos a cerveja artesanal da casa - o bar Castro Beer na Rua de S. Paulo, ao Cais do Sodré - que é uma maravilha! Tem um aroma de frutos absolutamente delicioso!

 

Agora a parte mais importante do final de tarde de ontem foi mesmo a companhia! Vejam se adivinham quem conheci:

José.JPG

 

 

Vá, todos em coro:

 

Olha o macaco José!!!

 

E de quem é o macaco José?

 

Do Triptofano!!!

 

Pois que digo-vos já que ele é super: super querido, super tudo. Sabem aquelas pessoas que vocês conhecem, faz clique e vocês querem ficar amigos para siempre?

Ele é mesmo isso tudo e mais o que puderem imaginar. Estivemos horas à conversa e nem demos pelo tempo passar - e há melhor termómetro emocional que esse?

 

Adorei, e repetiremos em breve.

 

Daqui envio um beijo super repenicado para ambos, Triptofano e José!

 

A blogosfera tem destas coisas: conhecemos pessoas fantásticas!

 

Foi assim um dia super!

 

Big little lies: sob a nossa pele

celeste-wright-1920.jpg

 

Nunca fui uma grande fã de Nicole Kidman. Aquele ar desenxabido e ainda mais, aquela testa que não mexia DE TODO - e o facto de ter sido casada com o sonso Tom Cruise (que melhorou com a idade), não ajudavam. Gostei de a ver no As horas,  que me acuda à ideia assim de chofre. De resto, não me lembro de mais nadaque me tenha feito vibrar...

Mas rendo-me: em Big Little Lies ela está soberba!

 

reese.jpg

 

Também não conto Reese Whiterspoon entre as minhas atrizes de eleição, mas está fantástica na série! Eu nem sabia que ela conseguia fazer papeis dramáticos (bom, vi-a no Wild, que gostei, mas é um indie, ou quase)

 

shailene woodly.jpg

 

Shailene Woodley conhecia da saga Divergente e pouco mais. E é mesmo uma excelente surpresa!

 

Big Little Lies foi aos Emmy e arrebatou um punhado deles, incluindo o de melhor "limited serie", que eu traduzo por serie de temporada única.

 

Vi-a esta semana, e sendo eu a "papa series" que sou, não consegui ver dois episódios sem fazer um intervalo de pelo menos uma hora entre eles. A tensão subliminar é transversal aos sete episódios, e que se manifesta em pequenas coisas como a competição entre as mães, o bullying entre miúdos de sete anos, e a violência efetiva sobre duas das três cabeças de cartaz (e filmada com maestria, sem se tornar de uma agressividade visual gratuita para o espectador), metem-se debaixo da nossa pele e afetam-nos quase sem darmos por isso.

 

1728-big-little-lies-saison-1.jpeg

 

Penso que este será um caso em que a adaptação superará a obra que adapta. Se não supera, pelo menos certamente iguala.

 

Dizer mais só fazendo spoils e esta não o merece. Começa (falsamente) suave, e a tensão vai aumentando devagar, ao correr dos episódios. O climax é fantástico!

 

Vejam que vale a pena.

 

Mesmo, mesmo a pena. 

No TV Series, sextas-feiras, 22:30h

 

Do you speak... (a hora da verdade)

... pois que sim, que foi mesmo

 

... PORTUGUESE!!!!

 

Eu garanto que tenho cara e ar de portuguesa. Cha-pa-di-nha!

 

4774537.jpg

                                                            (foto Luciano Canelas, 2011)

 

E sim, também há portugueses obesos, não são só os americanos e os ingleses.

 

WTF?

 

Queriam saber onde podiam comprar títulos de transporte para o autocarro... eu podia ser de Marte, que não sabia responder. Barco, Metro, comboio CP/Fertagus, isso eu sei. Mas eu e a Carris não nos damos. Não é incompatibilidade, é falta de percisão, mesmo.

 

É que são tantos os camónes - porque são - que as pessoas já não conseguem destinguir - mas também não é ciência nuclear... convenhamos! 

 

Depois também houve uma europeia, desconheço a proveniência, que me veio perguntar do you speak english? e como ir para Belém (primeiro que eu percebesse Belém...), 

 

(é pá vai de Uber)

 

pois que também queria ir de bus.

Azar.

 

- Ontem eu e a Carris andámos mesmo a marrar! Eishhhh!

 

Pág. 1/9