Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Hoje não me apetece escrever. Mas.

Não me apetece escrever porque não apetece. Devo ter coisas para dizer, pois tenho, para contar, e umas mãos cheias de respostas a dar - pensam que me esqueci? Ná!

Mas não é hoje.

Por isso se vieram aqui parar ao engano de ler qualquer coisa novinha, estimulante, desafiadora, um post como o dos sonhos cor de rosa que me levou à volta de seis horas a fazer - pausas incluídas - usem melhor o vosso tempo: 

Ide aqui, e votai nos Sapos do Ano, concurso que estará a dar imenso trabalho (e ela diz que também prazer) à Magda, que se lembrou de criar um prémio fictício para blogues fora do circulo VIP , e nomear blogues reais.

 

007A12615190482DB8C2AC34C51C9C28 (1).jpg

 

Por isso, repito, ide lá! Espreitai todos os nomeados de todas as categorias que ainda não conheceis e votai. 

Não é preciso ser blogger para votar! 

Para todas as nomeadas e nomeados, boa sorte. Eu já votei: Ide e fazei o mesmo.

 

 

60 anos de Cinderela em Paris/Funny Face - há coisas que nunca saem de moda...

Foi um - talvez O - meu filme favorito em miúda. Audrey Hepburn, Fred Astaire e Balenciaga não desiludem neste filme a comemorar 60 anos (!!!).

 

Cinderela-Em-Paris-Ruby-Collection.jpg

  

Para quem ainda não viu - e já vai tarde, este clássico é uma delicia, e se não gosta de musicais veja pelo guarda roupa! - o filme começa na sede da revista de moda Quality (a Vogue americana do faz-de-conta) em que a diretora Maggie Prescott (Kay Thompson) manda e desmanda a contento, e com know how. Ao fazer um editorial que junta cultura e moda, o fotógrafo Dick Avery (Fred Astaire) chega à conclusão que não resulta fazê-lo em estúdio e juntamente com Prescott  resolvem ir até Greenwich Village e ocupam uma livraria onde trabalha a intelectual Jo Stockton (Audrey Hepburn) que é seguidora do empaticalismo (que parece ser um termo criado para o filme, pesquisando-o, todos os caminhos vêm dar a este), filosofia que se baseia na empatia. Patinho feio, não foge ao olho clínico de Dick Avery, que vê a potencialidade da mesma como modelo. 

Jo acaba convencida a viajar com eles para Paris como a Quality Woman, estando mais entusiasmada com a possibilidade de assistir a palestras de Emile Fostre (Michel Auclair), mestre do atrás mencionado empaticalismo, de que com os trapos propriamente ditos...

 

Este musical conta com musicas de George e Ira Gershwin, e é, acima de todo o resto, uma obra intemporal ao bom gosto, com musicas que perduram até hoje num sem número de versões. E repito, com um guarda roupa fabuloso!

 

E consegue ser estranhamente atual. Por exempo, aquando da preparação para a sua apresentação à imprensa como Quality Woman, Jo recebe conselhos de miss Prescott sobre o que responder às perguntas que lhe irão fazer sobre a sua beleza... as respostas da praxe, (cena que pode ser vista no clipe que se segue), continuam a ser as mesmas passadas SEIS décadas!

 

On how to be lovely / You got to be happy / When you can feel / light and gay / Then you'll be lovely / as a holiday.

On how to be charming / You got to be merry / If only to weave a spell / And you'll be lovely / As a carousel too.
I (I know you can) show how. / It's (it's all in the) know-how. / And (and once you know) oh how /The world looks good to you / As it should to you.
On how to be lovely / You got to be jolly / When you can be fancy-free / And flash a smile that / Folks come flocking to see. / You'll be as lovely / As can be. / Can't (can't do it with) make-up / You (you've just got to) wake up / And (and startin' to) take up / A life delirious / Nothing serious.
On how to be lovely / You got to be cheery / I'll give you a guarantee / You don't need dough / You don't need a college degree. / Make sorrow incidental / (Let joy be monumental) / And you'll be lovely / You'll be as lovely / As can be

 

Trocado por miúdos, ser bela vem de dentro, não há maquilhagem que ajude se não for assim, a atitude positiva é incontornável. A alegria, o sorriso são a chave para ser bonita, amorosa, querida, fofinha.

 

Quando foi a ultima vez que ouvimos isto?

blink.JPG

Cinderela em Paris, DVD, na Fnac online, €7,00

 

Obrigada, Sapo!

A frase que resume esta comunidade de bloggers diz tudo: "blogs com gente dentro". 

Já conheci alguns colegas - menos de que gostaria, honestamente - mas o que se tem perdido em numero, tem sido ganho em qualidade.

 

Pois que ontem jantei com uma pessoa fantástica, exatamente como pensamos que seja quando lemos o seu blogue, Happiness is everywhere. A Happy fez-me pensar que o titulo do blogue é ela: otimista e alegre. E descontraída, felizmente, que sem stresses vivemos tão melhor!

 

A conversa correu durante horas, e acho que teríamos assunto para muito mais, mas o relógio é implacável, e ela hoje está a fazer uma viagem de onze horas (senhores!!!) pelo que não abusámos, saímos uns minutos antes do shopping fechar... descemos cada uma ao seu piso de estacionamento com a promessa de nos voltarmos a ver quando tal for possível - vá lá a gente saber quando! - mas há-se acontecer, com toda a certeza.

 

Foi mesmo muito agradável. E o meu agradecimento ao Sapo prende-se com a possibilidade de conhecer gente tão fantástica, a partir daqui.

 

Já conto nestes últimos dois meses duas pessoas 5 's no meu circulo de amigos!

 

Adorei conhecer-te, miúda!

 

E para ti, mocinho, beijinhos muito grandes! Já estou com saudades (e muita força para ti, depois de ontem espero que estejas mais para cima )

 

4df503565240931e87f326e3d706062f.jpg

 

 See you soon!!!!

 

Ao domingo... vamos organizar?

Aqueles knick knacks que nos atazanam a vida mas que precisamos ter - para os outros, o melhor método de organização é mesmo doar/deitar-fora - e que por isso têm de ser organizados de forma o mais pratica possivel. 

 

Encontrei neste blogue ideias tão giras para organizar de tudo um pouco com porta revistas. Algumas ideias estão fantásticas!

 

IHeart_Organizing_Magazine_File_Kitchen_OrganizatiIHeart_Organizing_Magazine_File_Bathroom_Organizat

 

E o meu favorito:  uma "estação de carregamento de telemóvel e "vide poches".

 

IHeart_Organizing_Magazine_File_Header.png

 

Vai precisar de ripas de madeira - se usar madeira de balsa, que pode comprar em lojas especializadas de arte, esta corta-se com X-acto - e uma pistola de cola quente (se usar no nails também resulta). Meça com cuidado...

 

Para saber como fazer, passo a passo, vá aqui. Além disso vai encontrar vária ideias que não coloquei neste post.

Vai ver que não se arrepende...

 

Se tiver duvidas, posso tentar ajudar. Deixe-as nos comentários...

 

Pág. 1/6