Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

29
Jan20

O Expresso da Meia Noite e a arrogância bolorenta de João Soares

Fátima Bento

expresso.jpg

foto: SIC

Na passada sexta-feira, assisti ao Expresso da Meia Noite, coisa que é quase habitual. E ainda estou um bocadinho estarrecida com o que para ali se passou. Passo a citar o dr. João Soares, por forma a fazer-me entender por todos vós - ou pelo menos assim espero. O tema, claro, foi o Angolaleaks.

 

"A tradição da formação soviética - estes tipos quase todos tiveram formação soviética incluindo o João Lourenço - e há uma tradição daquilo a que eu chamo a cabidela: é aquele universo soviético em que quando as coisas correm mal, há sempre um sanguezito..." (sic)

 

... e galhofa total no estúdio. Fica a dúvida: será que aquela gente sabe que está a participar num programa de informação?

 

"Eu não tenho nenhum encarniçamento pessoal em relação a ninguém, eu conheci o pai da dra Isabel dos Santos, só tenho pena de não a ter conhecido antes de ela ficar tão gorduchita, ela é capaz de ter sido uma mulher bonita..."(sic)

 

João Soares.jpg

foto: SIC

... acompanhado do riso cúmplice de Nicolau Santos, fazendo vir à memória aqueles velhos que veem uma miúda gira e começam a babar-se convulsivamente, desatando numa algaraviada de fazia e acontecia de quem já só faz e acontece na sua imaginação.

 

Mas esta afirmação é de uma veleidade, falta de educação, misógenia, PRECONCEITO com maiúsculas (pronto, deselegante, poderia concordar o visado e acabou a conversa), que me deixou uns bons minutos de queixo caído tendo apenas rodado a cabeça a 90º para confirmar se o homem-da-casa tinha ouvido o mesmo que eu.

 

E o que tenho a dizer é isto: na primeira parte da frase, em que diz "(...)só tenho pena de não a ter conhecido antes de ela ficar tão gorduchita(...)",  cheira ali a uma feudalidade que se metamorfoseia em colonialismo puro e duro. No entanto, a primeira coisa que me passou na cabeça foi... mas ele pensa que se a tivesse conhecido antes, ela ia cair redonda sob o seu charme e poder de sedução (#sóquenão)? É que nem vale a pena dizer mais nada.

 

Vamos dividir a frase em duas partes e comecemos pela segunda: é capaz de ter sido uma mulher bonita. A minha opinião, que vale o que vale, é que ela É uma mulher bonita. Não é isso que menoriza o facto dela ser uma ladra de primeira categoria, mas é bonita. 

 

E depois quais é a razão que leva João Soares a achar que ela é capaz de ter sido, mas já não é? Simples: "(...) antes de ela ficar tão gorduchita (...)

 

Não, agora é que não digo mais nada. O Dr. João Soares entrou no buraco sozinho e de vontade própria. Amanhe-se.

 

Amanhe-se com as barbaridades que saem daquela boca e com a arrogância que lhe é tão própria, notória, e enraízada.

 

E eu agora vou à minha vida. Na sexta feira disse que ia fazer um post visceral sobre o assunto:

Missão cumprida.

(já me sinto mais levezinha...)

 

22
Jan20

Cosmética bio, vegan e afins

Coisas que me encanitam - 2020 #1

Fátima Bento

vegan.jpeg

 

Agora não há marca que não tenha uma linha Bio, já para não falar daquelas marcas que surgiram agora, quais cogumelos, puramente Bio - a apostar que grande parte pertence a um grande laboratório com outro nome, já batido, e que de Bio (até agora, pelo menos) não tem nada?

 

E champôs, geles de duche, leites corporais, cremes de mãos e pés, mais bálsamos labiais, tudo Bio ou Vegan? Há-os em muitos espaços - onde vejo mais é no Celeiro, já que não vou aos outros - e já começo a ver no hipermercado...

 

Então vamos lá pensar todos juntos:

     1. Cruelty free

Esta é a situação que mais me dói. Física e psicologicamente. Mas ajudem-me: para chegarmos a este carimbo, quantos animais foram sacrificados das mais hediondas formas? Agora, só comprar cosméticos cruelty free, deixa-vos com a consciência mais leve? A mim não, não consigo deixar de pensar no que foi preciso para chegar aqui. E acho, honestamente, que devo usar a palavra alegadamente antes de "chegar aqui"...

 

      2. Bio e Vegan

Em boa verdade, não sei o que é um cosmético vegan. Sei que o veganismo é o vegetarianismo levado ao extremo, portanto, se calhar até estou mal informada. Vejo às vezes em embalagens "suited for vegan" ou "adequado a vegetarianos"... presumo que sejam à base de plantas e/ou legumes, não tenham corantes, conservantes, nem aromas artificiais, e se assim é, deverão ter um prazo de validade curto, só pode. 

Mas admito, sou cética até no que aos alimentos diz respeito. Enquanto deparar com hortas biológicas junto a autoestradas, tenham santa paciência. Há, de facto pequenas e resguardadas hortas que produzem vegetais bio, e que vendem a pequenas mercearias igualmente bio. Há. Mas vamos nós adivinhar quais os verdadeiros e quais são os outros...

Voltando ao tema incial: 

Ser bio, cosméticamente falando

  • é não usar maquilhagem;
  • lavar o rosto com água e sabonete de glicerina, e hidratar com lanolina, ou similar;
  • lavar o corpo com o mesmo sabonete, e hidratar com óleo de amêndoas doces;
  • o cabelo deve ser lavado com sabão azul e branco, usar azeite como condicionador ou máscara (consoante o tempo de exposição) - também pode usar o óleo de amêndoas doces para o efeito - enxaguando com água em abundância ;
  • para os pés, mãos, lábios: vaselina.

 

Resumindo:

Não compliquem. Não gastem pequenas fortunas em produtos que, alegadamente, são bio, ou vegan. A natureza tem e dá! Podem, inclusive, aprender a fazer os vossos cosméticos!

#Besmart!

 

(eu, que não sou hipócrita, tenho de admitir: uso a linha Slow Age da Vichy, e o leite 3 em 1 mais  agua micelar da mesma marca; nunca procurei simbolos que me digam se é cruelty free, ou o que for. Assumo.)

 

19
Jan20

Balanço de 2019

(aergh!!!)

Fátima Bento

pexels-photo-1172687.jpeg

 

Essa foto acima é quanto basta como balanço do ano.

- dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, não é?

 

Mas pronto, eu elaboro um pouco... nem tudo foi mau. Em finais de Fevereiro fui passar uns dias à Ericeira (sob risco de não responder por mim se não me afastasse de casa), que foram tão fantásticos que passei os meses seguintes a falar nisso. O que levou a que, no meu aniversário, o meu maído fosse conhecer a coisa. E voltou (quase) tão in love pelo espaço como eu. E na véspera, ainda assistimos ao concerto do Bublé na Altice Arena. 

 

E...  ka - put.

 

No resto do ano foi a foto acima. Desde a saúde ao pior Natal de que há memória (imaginem o pior: já imaginaram? agora elevem a 99: foi muito pior!), não faltou nada. Na semana do Natal ao Ano Novo, passei três ou quatro dias "em estado de choque" - esse ano ofereceu-me mais alturas em que fiquei assim, por isso já não era novidade... - mas depois tratámos de atirar para trás das costas, e eu e o maído fomos às compras para o revilhão... que foi très bon, indeed.

 

Entrei o ano empanada, não mexe não respira - havia alturas em que saía da cozinha e quando chegava à sala já não podia com as dores: e eu não vivo num palácio de comprimento incontável!

 

Até que há uma semana atrás o meu médico decidiu que isto já dura há demasiado tempo, e zás, levei uma pica de Tramal e mais uma de uma coisa para contornar os enjoos que parece que o primeiro provoca. Levou 45 minutos a fazer efeito, mas quando fez, fez. E deixou-me c'uma moca... felizmente só dei por isso quando tranquei o carro e entrei em casa. Além disso, receitou-me um santo comprimido que me tirou todas as dores. Reação?

 

Screenshot_20200119_165148.jpg

 

Portanto, diria que noves fora zero (a primeira quinzena), 2020 está a portar-se lindamente!

Que assim continue, que 'ma 'ssoa não aguenta dois 2019....

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

A ler agora

livro.png

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me: