Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Para este fim de semana, sem falta, 'fáchavor'.

É pá, hoje estreou um filme que baralharia e tornaria a dar, no que diz respeito às estatuetas da madrugada de segunda SE os Óscares tivesses mesmo só a ver com cinema.

Alguém passa a discutir taco-a-taco o premio de melhor atriz com aquela que dei - e meio mundo deu - como já ter ganho.

Caramba, que papelão! Dos melhores desempenhos que esta senhora teve em toda a carreira... chiça...

Façam-vos um favor: se forem ao cinema este fim de semana, vejam August Osage County. Não vão fazer favores a ninguém senão a vocês próprios. 

De ver.

MESMO, MESMO obrigatório.

[e já agora, porque é quase sexta, em modo de follow friday, ide ver o video que este post (que esteve em destaque hoje nos recortes do sapo) tem embebido. Também vale mesmo a pena ser visto...]

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Fátima Bento

    28.02.14

    Vais gostar muito. Nos primeiros dez minutos de filme, eu que adorei o papel da Kate Blanchet no 'Blue Jasmine' fiquei sem pinga de sangue. Caramba!
    O filme é uma adaptação de uma peça de teatro, por isso incide fortemente nos diálogos e nas interpretações. A Julia Roberts consegue sair um bocadinho do seu registo habitual a que chamo a Julia-Roberts-a-fazer-de-Julia-Roberts, mas ainda assim, a Jennifer Lawrence está fabulosamente melhor em American Hustle, se não 'tiverem medo' de dar um segundo Óscar a uma miúda que apareceu há (nem) meia dúzia de filmes, é dela por direito.
    Voltando a este filme, o Bennedict Cumberbatch (Sherlock, o inglês) tem um grande e convincente desempenho num papel secundário... olha todos os atores estão bem (como eu disse, até a Julia, a quem, não sei bem quando, ganhei uma raiva-de-estimação... ela e o Pierce Brosnan - e a esse não tenho raiva nenhuma - são iguais nos filmes todos, ao contrário de atores como a Meryl, o Gary Oldman, e o próprio Cumberbatch, que a gente vê - falo dos dois últimos - em diversos filmes e nem nos lembramos que eram eles, tal a capacidade de recriação e re-invenção de si próprios...)
    Não vou tecer elogios ao 'meu' (ahahah) Alan Rickman, senão estávamos aqui até amanhã, lol!

    B'jinhos grandes, gostei do teu cantinho hei-de lá passar mais vezes! E desejo-te também um bom fim de semana de preferência com O filme numa sala perto de ti e tu a assistires

    (se não tiveres com quem ir, vai sozinha, as primeiras sessões são sempre minhas. Com o cartão zon as pipocas e o refrigerante servem de almoço , lol)
  • Imagem de perfil

    Julie

    02.03.14

    Infelizmente este fim de semana não consegui ir ver o filme :(

    Muito obrigada por me teres partilhado comigo a tua Analise :) que dei à minha mãe a ler!

    A minha mãe que já viu blue jasmine, com a Cate Blanchett, diz que a interpretaçao da Meryl Streep no quente agosto foi também suberba! E por isso não consegue escolher a sua preferida para este ano... Diz que fica bem entregue a uma ou a outra!

    Agora aguardemos pela Grande noite!
    beijinhos :)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.