Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Book Club - Do jeito que elas querem (perdido na adaptação do titulo, nossa senhora...)

  Este filme tem coisas boas. Não são muitas, mas tem.   Em primeiro lugar, o elenco. Quase ficamos cegos com o brilho que emana das estrelas (já sei, que raio de expressão...), mas a sério, são quatro GRANDES, muito GRANDES senhoras do cinema de todos os tempos, juntas nesta película.    Uma sinopse telegráfica: Quatro amigas formam um clube do livro, e uma delas, na sua semana, decide (...)

O que me ri ontem no cinema :)

Voltei ao cinema(!!!) depois das férias para ver um filme francês - a escolha até poderia parecer difícil, não fora eu ter um deles aqui em casa para ver (quem manda estrear filmes com mais de um ano de atraso???), outro me parecer uma história muito totó, e o terceiro já ter visto... é que estão quatro comédias francesas em exibição nos cinemas NOS neste momento!     Bom, mas o que eu queria mesmo ver era A minha família do norte/La Ch`tite Famille (...)

Coisas boas das férias

 - Centro geodésico de Portugal, Vila de Rei   Em retrospetiva, as férias tiveram coisas muito boas, a saber:   Comi que nem uma lontra. A serio... o meu excesso de peso não vem das refeições que faço, tanto quanto dos doces que ingiro, ansiedade oblige. Agora estas férias andei num virote gastronómico - e não deixei o crédito por mãos alheias: dos quatro quilos extra que trago, quatro mil gramas derivaram dos almoços e jantares mais copiosos e regados a branco ou rosé (...)

Cinema no Verão

Quem me segue no Instagram já sabe: em primeiro lugar que a minha conta é chata e pouco variada: ultimamente só publico fotos dos meus gatos, de livros  e de bilhetes de cinema (nas férias vario mais um bocadinho, prometo! - quanto mais porque, durante seis dias, não há gatos ...)... que elegi o Mamma Mia como o summer movie 2018 porque já o vi...     Yup, três vezes (!!!)   E desde dia 20 vi também o Equalizer 2, e ontem fui ver      E estou aqui a dizer-vos: pou (...)

Ah, que semana tão boa!!!!

Ah, semana em GRANDE!!!    (em homenagem à estreia de quinta, hoje a imagem é especial...)   Comecemos pelo começo...   (segunda-feira) O Tomás fez anos, e fomos almoçar (lindamente, de resto) ao Sushicome de Almada - e acho que ingeri calorias para dois dias...   (terça-feira) O pikeno recém entrado nos 22 foi ao EDP Cool Jazz, e deixou-me o pc ligado à TV para que jogasse Crash Bandicoot...oh happy day que passei agarrada ao comando!   (quarta-feira) Já tinha lido O (...)

Finalmente! Mamma Mia, que filme!

Sexta feira fui, como prometido, ver o Mamma Mia, here we go again.     Convencida estava eu que ia ver um filme mediano, com a musica previsível... e saiu-me um filme que de mediano tem pouco. Mamma Mia, here we go again apresenta-se como o feel good movie deste Verão, e cumpre-o na perfeição. As minhas expectativas viram-se largamente superadas!   O casting está primoroso, como se pode ver no trailer (...)

As minhas manias e filmes favoritos

Ora cá estamos com o tag da sexta feira, e que falhei na passada semana, pelo que esta semana vou responder a duas questões, das semanas 28 e 29 (de 52). A saber:   Hummm...   Tenho um jeitinho para me tornar indispensável que irrita... com o marido, o filho, os gatos. E, tirando os gatos, a dependência é mais psicológica - já sabem todos que não sou muito dada ao que tenha a ver com a casa, não sabem? E depois admiro-me(!!) quando quero ir de férias e fico de coração nas (...)

O Mamma Mia só estreia na próxima semana!

Pois. Antes de fazerem contas com o ovo no sim senhor da galinha, olhem para o calendário... ando tão perdida que não tinha reparado que hoje é dia 12, e o filme estreia dia 19!!!   Acabei por ir ver Knock/ Um senhor doutor, um filme francês com o Omar Sy - muito bom. Estava à espera que fosse só uma comédia mais ou menos tolinha mas não, revelou-se um bom filme.     Para a semana lá estarei a (...)

E hoje...

... é claro que não dormi!    E não durmo porque o pequenito dorme connosco e eu levo a noite toda com ele a acordar e a passear por cima de mim, e tenho de me levantar quando decide que tem fome (pelo menos ao caixote já vai sozinho!), ou então, como hoje, porque não fica no quarto connosco, e eu fico com medo que ele apareça, ou chame e eu não dê por ele... uma parva. Eu assumo: em termos latos, esta preocupação é uma parvoíce, mas ainda não descobri o interruptor! Não (...)