Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Tully - maternidade 'nua e crua'

   Este é um filme que tira os coraçõezinhos e laçarotes à realidade da maternidade. No filme vemos uma mãe real, Marlo (Charlize Theron), com tudo o que a realidade envolve: amamentação fora de horas, leite encaroçado, mamilos gretados, bombas de tirar leite a trabalhar noite dentro, fraldas atrás de fraldas sujas, um corpo de uma mãe de três que como a própria diz, "parece o mapa das estradas (...)

É que toda a minha gente viu E toda a minha gente fala...

... e o incrivel é que o filme do momento é uma comédia mediana, de seu nome I feel pretty, ou em portguês, Sou Sexy e sei!, e há quem, na blogosfera e não só, defenda que devia ser um filme obrigatório para adolescentes e jovens adultas - se forem por aí, seria para toda a gente.   Mas a verdade é que a mensagem do filme é realmente importante. Independentemente do nosso corpo se enquadrar no que se determina ser o tamanho certo (como se tal coisa existisse...), no formato ideal, (...)

A primeira vez que pedi o bilhete de cinema pelo número da sala...

Na sexta feira fui ao cinema ver Sou sexy, eu sei!, com a Amy Schumer.   Ora, tendo sido feriado na quinta feira, houve quem decidisse fazer ponte, e como era dia da criança (porque é que nunca me lembro destes pormenores?), quando cheguei à bilheteira, havia uma pequena fila - coisa que nunca encontro àquela hora - composta por progenitores e respetiva descendência. O filme começava às 13:05h, e eram (...)

Deadpool 2 - isto NÃO É uma critica de cinema

No domingo fomos ao cinema ver Deadpool 2.   Gostei mesmo muito do primeiro - enquanto que os politicamente incorretos Ted 1 e 2 (de Seth MacFarlane) não me conseguiram arrancar gargalhadas a sério, o anti herói da Marvel nem precisara de se esforçar  por aí além.  Por isso ia um nadinha apreensiva - o teaser e o trailer (...)

Eu e o outro: segundo dia.

Hoje pus o ginásio de folga, porque ontem estava sentadinha imóvel e não havia músculo que não me doesse. Por isso resolvi deixar o ácido lático fazer o que lhe compete - que não me lembro o que é, e não vou pesquisar - e fiz-me à estrada com o substituto, para ir ao cinema.       E fui ver o Ready Player One, do Steven Spielperg, com os efeitos todos, óculos 3D cadeiras a mover, safanões, inclina para trás, para frente... água na cara... ou seja, nem me perguntem se (...)

O filme da Pascoa - finalmente...

Ontem rumei ao cinema e fui ver Maria Madalena/Mary Magdalene um filme que me despertou curiosidade da primeira vez que vi o trailer - que me deixou com a ideia de que a história de Maria Madalena (a alegada prostituta que Jesus favoreceu, o que provocava ciúmes em Pedro), seria contada de uma forma completamente diferente da habitual.   Ora quem não sabe fica a saber que sou ateia. E que sou fascinada (...)

No rescaldo

Dormi sete horas. Acordei com o rosto inchado e com resíduos de adrenalina. Depois liguei o pc e descobri que o post que escrevi antes de me deitar tinha sido destacado pelo Sapo Blogs aqui, e na homepage do Sapo... e a adrenalina disparou outra vez.   Obrigada, Sapo!   E antes de mais, vou dar-me umas palmadinhas nas costas... estas duas últimas semanas foram a loucura: vi cinema, bebi cinema, respirei cinema. Convenci gente a ver cinema.     Propus-me a fazer as nove criticas (...)

Bafta, a última etapa antes da da noite dos Óscares

  A cerimónia de entrega dos prémios BAFTA, que acabou há poucos minutos, não me surpreendeu ao ter praticamente clonado os resultados dos Golden Globes.   Apesar de durante o dia de hoje The Shape of Water ser dado como grande favorito, na hora da verdade, Three Billboards Outside Ebbing, Missouri chegou, viu e conquistou todos os prémios a que teve acesso - exceção feita ao prémio de melhor realização, que foi entregue a Guillermo Del Toro, melhor ator, entregue, obviamente, (...)