Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

O que adoro no Verão #5

#5 Offline!!!!   Pois que diz que estar offline é o novo luxo... Pois que diz que é um must have, pelo menos uma vez por ano...   Pois que eu adoooro!     Naquela semana que estamos fora, não há net para ninguém. Nem telefone, de resto, o nosso operador não chega à quinta com força suficiente. Só quando vamos almoçar - o que este ano vai ser um sofrimento acrescido, porque vamos passar pela desolação que este incêndio deixou - temos rede e podemos ligar dados. Tipo uma (...)

O que adoro no Verão #4

#Água       É assim: em qualquer altura do ano o apelo é irresistível. Posso ir à praia em qualquer mês, que pelo menos os pés tenho de molhar, por muito fria que esteja - e levo sempre umas calças extra na bagageira porque sei que mal os pés se habituam à temperatura, avanço e fico molhada até ao traseiro, quanto mais não seja porque as ondas ao passarem molham mais acima...   No verão é a loucura. Nomeadamente em piscina - a praia tem demasiada gente... - aquele (...)

O que adoro no Verão #3

#3 Liberdade   Pode parecer uma inerência, e avanço já que não é exclusivo do Verão: se há coisa que prezo é a liberdade, isto 12 meses por ano.    (mas admito que no dia-a-dia me esqueço disso às vezes... na teoria é tudo tão mais simples...)   Mas no Verão, não é preciso andar atrás dela: ela agarra-nos. Os dias maiores dão-nos a ilusão de que podemos fazer mais do tempo que dispomos - e durante as férias aproveitamos para fazer mesmo mais sem olhar para as (...)

O que adoro no Verão #2

#2 Roupa   Não, não me estou a contradizer; bem sei que foi um dos meus detesto... mas falei na roupa para vestir dentro de casa, e agora refiro-me à roupa para vestir FORA.  Com um guarda roupa bem estruturado, é fácil nem pensar antes de vestir! O meu está estruturadíssimo: meia dúzia de vestidos compridos e fluídos. É só enfiar um e pronto!  (e nem pensem que isso advém do atual excesso de peso, porque já o fazia antes - Verão é para descomplicar!) E nos pés, (...)