Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

31
Jan17

A minha avó Brizida

Fátima Bento

avó.jpg

 A minha avó era a melhor cozinheira do mundo. E  detestava cozinhar - acho que o detestar dela era igual ao meu, não era o ato em si, era mais a tomada de decisão. E, no seu caso, o não sair praticamente da cozinha durante todo o dia, porque a família não tomava as refeições sempre junta, e ela não se coibia de fazer pratos diferentes para as netas. Mas tudo o que saía daquelas mãos era de lamber os dedos. A mãe, embora fosse pela lei do menos esforço, e já que tinha a avó a viver connosco, encostava-se um bocadinho (longe de mim criticá-lo!), de vez em quando enfrentava bravamente a cozinha e... saía à mãe. É que tanto uma como outra 'tinham mão', sendo que a mãe fazia coisas que só ela sabia fazer, coisas que lia nos livros ou revistas, o que a avó não fazia, porque era analfabeta.

 

Mas havia uma coisa que a avó adorava fazer: passar a ferro. Ela lavava a roupa, estendia-a, lavava nódoas difíceis no tanque, e se necessário punha 'à cora' - que é uma coisa que me lembro dela fazer, que sei que tirava manchas, mas não me perguntem mais nada, que não faço ideia; acho que era com o antigo sabão azul e branco, ou Clarim...

E depois apanhava a roupa a cheirar a sol, abria a tábua e sentia-se no céu. Os ferros eram com fundo em inox, mas ainda não tinham vapor incorporado, pelo que ela fazia assim: agarrava numa garrafa de plástico vazia (penso que seria de vinagre) e aquecia um prego. Com o mesmo fazia cinco ou seis buraquinhos na tampa, enchia com água da torneira e ia borrifando as zonas difíceis enquanto passava. A roupa ficava fabulosamente impecável.

 

Quando eu casei, a avó veio morar connosco. Tinha 83 anos.  A escolha foi dela, entre ir morar com a filha ou a neta e bisneta, escolheu a segunda hipótese. Eu tinha um estendal imenso, com seis ou sete metros - todo o comprimento de uma varanda gigantesca - com duas'cordas' onde cabiam duas máquinas de roupa. E no Verão começava a estender numa ponta, e quando acabava, regra geral uma parte das primeiras peças já podia ser apanhada.

 

estendal.jpg

 

 

Ora quando ela se mudou para nossa casa, ocupava-se da roupa (e das refeições dela, até deixar de ser seguro ela mexer no fogão). E apanhava a roupa mal ela estava seca - passava o tempo dentro e fora, a verificar quais já podiam ser recolhidas, e fazia aquilo que me ficou na memória: passava a roupa a ferro com as mãos. Esticava, ajeitava, passava as mãos uma, outra, e outra vez, dobrava, repetindo os gestos uma e outra vez, com todo o cuidado, e ficavam prontas a ser guardadas. E nos primeiros dois anos (pelo menos,que me lembro) insistia em passar a ferro as mais difíceis - lá arranjámos um ferro sem vapor e uma garrafa pulverizadora de jardinagem, pequenita.

 

Claro que um dia chegámos junto dela e estava a passar a ferro com a incontornável garrafa de vinagre de tampa perfurada ao lado. Cheínha de agua da torneira.

tarefas-de-casa-passar-roupa-255475-3.jpg

 

4 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

nobody.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora