Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

23
Mar18

A Nespresso e marketing agressivo: adivinhem quem vai ganhar com isto?

Fátima Bento

Sabem que eu comprei uma máquina nova. Sabem que eu sou assim a super fã da Nespresso e sempre fui capaz de defender a marca com unhas e dentes - a marca e o conceito.

 

mini.JPG

 

Pouco tempo depois encomendei cápsulas e depois da entrega (a tempo e horas, que eles com isso não brincam...) recebi um email a pedir-me para responder a um estudo de mercado. Ora aqui a menina não disse nunca não à marca e não era agora que ia começar! O mesmo visava o meu conhecimento das outras marcas-cápsula disponiveis no mercado - e não-cápsula também. Os meus hábitos em termos de consumo de café e etc. E aqui deparei-me com uma marca nova em meio a todas as outras, a L'OR. Por acaso ja conhecia de publicidade encontrada em revistas francesas, mas nunca tinha visto à venda cá, e achei curioso. E pensei, claro, que se a L'or não chegara, iria chegar.

 

E umas duas semanas depois o Continente estava a fazer uma promoção de lançamento da marca, menos €1,00 em cada embalagem - que custam o mesmo que as cápsulas Nespresso e também são em aluminio. Comprei um ristretto com indice aromático 11, e resolvi experimentar, cética até à medula. O ceticismo passou num ápice: o café era tão bom como o da nespresso - e eu não sendo expert,sou esquisita cumóraio. 

No dia seguinte voltei ao hiper e comprei mais seis embalagens (parecendo que não, poupei €6,00...)

 

20180319_115620.jpg

 

 

Neste interím a minha caixa de correio começa a receber um email diário da Nespresso (recebia talvez um por semana - e acho que nem isso...), com teasers, promoções, recordar promoções, e recordar outra vez.

 

E há precisamente uma semana fui à loja para comprar uns copos de café em alumínio de tamanho lungo, para oferecer ao Victor no dia do pai (ele andava a namorá-los há uns tempos).

 

 

E fui literalmente abalroada pela funcionária. 

 

Depois de eu dizer o que queria (três miseráveis sleeves de Fortissio lungo, uma vez que desses já não tinha), atira-me com um "mas não deseja saber quais são as promoções em vigor?" Eu sorri e disse-lhas - que com a quantidade de emails que tenho recebido sabia-as todas.

Pensava eu.

Pois que havia uma nova: ofereciam uma chávena de lungo em porcelana, com o respetivo pires e um avental (deixem-me dizer-vos que o mesmo era lindo). E pergunto eu: na compra de quantas cápsulas?

 

- 250(!!!) Mas olhe que a promoção é excelente e o café acaba sempre por beber!
 

Ou seja, era suposto eu gastar 93,75 (se fossem cápsulas grand cru, porque se fossem lungo, edições limitadas ou outras, seria mais caro) para trazer uma chávena e um avental. Recusei, e pedi os copos. Com ar contrariado - e a repetir que a promoção era fantástica - foi  buscá-los, aplicou o desconto da campanha do dia do pai e somou-lhe o desconto relativo aos anos de Nespresso que tenho. Disse-me o PVP, e o preço que me iam custar. Aquiesci, e ela acrescentou logo: não quer aproveitar para levar mais embalagens? Não, não quero, caramba! (só disse não, levo só uma) ...é que estão com um excelente preço... não reagi. 

 

Vejo-a colocar a caixa dentro do saco, e atarantada com o ataque Panzer*, ainda tive lucidez para lhe dizer: não faz embrulho para presente? ó camandro, eu tinha dito que era para o dia do pai, e se não tivesse dito ELA devia ter perguntado, NÃO eu ter pedido!

 

Sim, claro! respondeu de cara fechada. E deseja tomar um café? acedi. Lá fui para o bar enquanto ela ficou a fazer o embrulho. E sim veio embrulhado no papel com o logotipo, e dentro de um saco com etiqueta para escrever para o melhor pai do mundo ou o que me aprouvesse. Mas não trouxe fita. Até numa mísera caixa de bombons de 7 euros (que estavam a €5,60) colocam fita de tecido! Infelizmente só vi quando cheguei a casa.

 

Ó meus amores: deste dia em diante, Nespresso só encomendando, não tenciono voltar a meter os pés numa loja. E se esta é a abordagem anti-L'or... ui que lhes vaticino umas belas quebras nos lucros. 

 

lor.JPG

 

[E não tenho problema nenhum em ir ali ao lado buscar umas caixinhas de L'or, se ficar sem café e só me aperceber em cima da hora... e vou, claro, andar em cima das promoções, duh!]

 

Para quem se queixa da abordagem robótica dos funcionários das lojas Nespresso, se é este tipo de formação que lhes dão agora, podem ficar tranquilos: de robot não têm nada...

 

*Panzer, aqui

 

28 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

A ler agora

heartf.JPG

 

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora