Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Alan Turing. Alguém?

O nome Alan Turing diz alguma coisa a alguém que está a ler estas linhas? Vá lá, não se falou dele assim há tanto tempo...

Pronto, eu mostro uma foto...

Alan-turing-ftd.jpg

E agora, já alguém temuma ideia?

Ok, última oportunidade... por aqui acredito que talvez quem ainda se sente perdido chegue lá...

the_imitation_game_behind-every-code-there-is-an-e

Alan Turing foi aquele génio matemático que conseguiu descodificar a Enigma - o sistema de códigos secretos usados pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Mais, e resumindo MESMO MUITO, podemos dizer que é devido a ele que hoje vos escrevo este texto: foi ele o pai do computador.

 

Em 1952, independentemente dos serviços prestados à nação e ao mundo, Turing foi condenado por atos homossexuais, e sujeito à administração de hormonas femininas e a castração quimica. Dois anos depois, ingere cianeto por forma a pôr termo à sua vida. Estava à beira de completar 42 anos.

 

Em 2009 o então primeiro ministro Gordon Brown apresentou uma desculpa formal/pública pelo sucedido e na véspera do Natal de 2013, a Raínha concedeu-lhe o perdão real pela condenação por homossexualidade.

 

E ontem, ah, "Hoje é um dia verdadeiramente memorável", disse Gyimah ontem, ao assinalar a entrada em vigor da "Lei de Turing", diploma batizado assim em honra de Alan Turing (1912-1954), com esta lei o governo britânico concede um indulto e um "perdão póstumo" a milhares de homens condenados no passado no Reino Unido por serem homossexuais ou bissexuais.

 

Desculpem, mas estão à espera que aplauda?

Depois de esperarem mais de meio século para concederem um indulto que nem chega perto do desumano que foi o que fizeram passar aos condenados?

 

Querem que aplauda. Pois que não.