Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

And yet...* - Leonard Cohen, 1934 - 2016

11.11.16 | Fátima Bento

Não posso falar muito sobre ele... por muito que gostasse. Para mim sempre foi aquele grande poeta que me deixava deprimida, e que invariávelmente acabava por desistir de ouvir em prol de não me começar a arrastar pelo chão da casa, e de não me fechar no meu cinzento antracite. No entanto sei bem o seu valor inestimável e a perda absoluta que é a sua morte, apenas amenizada pelo legado que nos deixa.

 

Ainda este ano, aquando do lançamento do seu último álbum, declarou estar pronto para morrer. Mais tarde num aremesso de "and yet", garantiu que estava pronto para viver para sempre.

 

Assim será.

Obrigado por tudo.

 

* segundo o Mec, hoje no Ipsílon/Público, numa belíssima homenagem