Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

De fugida

Não ia fechar o dia sem vir aqui dar uma pequena palavrinha.

 

Pois que sim, que o aniversário foi muito bem celebrado, e que Ô Hotel Golf Mar está na mesma, para quem conhece. Eu já lá não ia há uns 25 anos e é isso: está na mesma. Não se degradou, está cuidado, mas não avançou. Por isso a resposta a uma das minhas dúvidas: porque raio é que o hotel perdeu uma estrela, está respondida: porque está na mesma.

 

Ontem fizemos a viagem com muito calor, chegámos lá com calor e vento - o literal Oeste é lixado... - e hoje acordámos entre a névoa e o nevoeiro. E fresco assim-a-modos-que-a-puxar-um-bocadinho-para-o-frio (vá lá, deixa-te de eufemismos: hoje de manhã estava frio!).

 

Feito o check out seguimos para a Ericeira, onde almoçámos. Ventania do demo, e frio. Ok, o frio derivava do muito vento, certo, e as praias (pelo menos a que fotografei) ficava abrigada por um paredão mas eu, que gosto assumidamente de água fria, garanto que não entrava naquela. Eishhh!!! E aquela praia abrigadinha nem tinha rebentação digna desse nome... mas a agua é assim para o gelado, que bem sei.

 

20171003_125657.jpg

 

Saímos portanto da Ericeira com os ossos a acusar a baixa temperatura e, apesar do sol que brilhava aberto, havia uma névoa que parecia feita de gaze que passava por nós empurrada pelo mencionado vento. Foi a primeira vez que vi uma coisa assim...

 

Seguimos para Lisboa pela A9 e a temperatura subiu em flecha... com a terra do surf a poucos quilómetros, já transpirávamos. Logo a seguir apanhámos um pequeno troço da A8 e entramos em Lisboa; às 16:00 já estávamos em casa.

 

Estamos feitos num oito com as mudanças de temperatura e o calor absurdo que se faz sentir aqui não ajuda à festa... fizemos sesta quando chegámos e não tarda estou a dormir de novo. As mudanças de temperatura são terríveis, e tantas no mesmo dia é obra!

 

Mas foi muito bom! Amanhã falo melhor no assunto! Hoje foi só para dar um alô...

 

Até amanhã 

14 comentários

Comentar post