Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

14
Mai14

Dependências

Estou às voltas com a pré-preparação de uma viagem (é mais uma escapadinha) com o mais que tudo. Apontamos para Outubro, quando fazemos 21 anos de casados, e uma segunda lua de mel, por pequenina que seja vai saber lindamente.

Bom, mas dizia eu que, a pensar em Outubro, esta é a altura ideal para começar a ver voos (sim, que aqui a menina não gosta de viajar em companhias low cost, apesar de nunca o ter feito e não poder comparar - mas depois daquele vídeo de da Ryanair fiquei mesmo traumatizada), fazer contas, e pensar e começar a pesquisar hoteis.

E diz-me alguém, cuja opinião nem foi pedida, mas pronto, que 'é muito importante que o hotel tenha wi-fi grátis'.

Fico de cabelos em pé. Na minha opinião, de férias, seria importante que o hotel NEM TIVESSE REDE DISPONÍVEL para os telemóveis, quanto mais wi-fi! Afinal estou de férias, ou estou o quê? Internet PARA QUÊ? Para levar o dia à frente do telemóvel nas selfies, ou atrás, nas fotos, e as noites no Instagram e no Facebook, e ainda no blogue a relatar tal qual como foi o dia todinho?

WTF??????

Há uns anos aprendi uma coisa. Tinha a minha gajinha 10 anos quando fomos pela primeira vez à Disneyland. Eu fui carregada de uma máquina fotográfica de rolo, e outra de cartucho (uma Instax). Portanto isto em 2001 [se querem saber 30 de Setembro, precisamente 19 dias depois de caírem as Torres Gémeas. Uma experiência fantástica, voar naquela altura :) ]

Vi tudo o que queria ver, bisei o que quis ver mais de que uma vez, fotografei o que me apeteceu, tira uma e põe a outra (e a Instax pesava que se fartava)...

Em 2006 voltámos, desta vez os quatro. A máquina fotográfica, já digital, ficou nas mãos do marido. Ele fotografou, ó se fotografou. O parque Disneyland e o Disney Studios vêm bem representados nas cerca de 600 fotos tiradas. Adorámos tudo, a quatro foi delicioso, e o parque tinha imensas novidades, logo a começar no segundo parque, que quando  fomos a primeira vez estava em construção.

MAS.

Mas ele chegou à mesma conclusão que eu já tinha chegado:

RÁISPARTÀSMÁQUINASFOTOGRÁFICAS!

O que perdemos, quando vemos tudo através de uma lente é abissal. Tivemos a grande, imensa sorte de, uma vez que era um pacote de cinco dias, podermos repetir tudo, e 'apanhar' o que podia ter passado ao lado, só pela lente, deixando a máquina na mochila.

Agora reparem: estou a falar em TIRAR fotos. SÓ. 

Portanto, hotel com wi-fi gratuito é uma coisa que está posta de parte. Aliás, o pc vai ficar em casa, e os smartphones não serão ligados à net. 

Férias, p'amordasanta, férias!

Meia dúzia de fotos, e no regresso escolhe-se uma ou duas e partilha-se.

Que doença, senhores, que doença!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 15.05.2014

    Oh pah! Acho que era mesmo a única maneira da minha filha me apanhar a viver em Londres :)
    Adorei!
    (agora imagina a ideia cá com a 'nossa' ASAE...)
    Mas pronto já me arranjaste um lugar para ir quando for a Londres ver a gajinha :)
    Obrigado MESMO pela partilha. AMEI!
    B'jinhos!
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.