Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Do disparate aos píncaros da elegância...

Faltam só quatro dias - QUATRO! - para um dos meus MOMENTO's favoritos do ano - e vá-se lá saber porquê, que os Óscares andam ali a rodear tanta coisa que não o cinema e as fitas que se fazem têm, tantas vezes tão pouco a ver com os filmes a concurso... enfim...

Bem, entendo a pergunta do Sapo como uma de duas coisas, e vou responder às duas:

PRIMEIRO

O primeiro nome que me ocorreu foi o de Robin Williams. Parece que ele é mesmo assim "palhação", e éramos dois. A noite havia de ser um regabofe pegado (acabávamos expulsos que era uma lindeza...)

SEGUNDO

A oportunidade de conhecer alguém que admiro à distância? Então não se está mesmo a ver? Quem já me conhece do meu outro blogue, ou me segue noutras redes sociais como o Twitter, o Instagram ou mesmo o Pintrest, sabe:

o Alan Rickman. Se o homem me dirigisse a palavra, ou melhor, a VOZ, derretia-me toda - e como consigo ser muito blasé quando quero, o senhor não ia dar por nada, posso garantir (e isto porque eu sei que ele não gosta de sentir que o estão a tratar como estrela - o que vai de encontro ao facto de eu abominar parvalhices e histerias  no que toca a gente-famosa-ou-nem-por-isso).

E não, não tenho vergonha nenhuma de o assumir. Era o Alan Rickman

Com um babete.

Para mim.