Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

15
Dez17

EndlessXmas

Fátima Bento

Descaradamente fanei o tag EndlessXmas à Mariana, que me deu a sua benção - felizmente que não quero ter pesos na consciência nesta altura do ano...

 

News Flash: Estou a entrar no Espírito da coisa e a culpa, em grande parte é desta menina... 

 

E então sem mais delongas aqui vão as minhas respostas às perguntas em cima da mesa...

 

f1890ba67f94675a772af545a874d56f.jpg

 

 Qual é o teu filme de Natal favorito?

Ah, é mesmo o Love Actually. Tem tudo (e todos!) o que eu gosto!

 

 Tens tradições de Natal?

A nova consiste em eu e o marido tiramos um final de tarde, apanharmos o catamarã e ir ver as luzes da Baixa. Costumamos jantar por aquelas bandas mas não é obrigatório. Um chocolate quente, um vinho quente ou umas castanhas assadas, e a coisa sabe-nos pela vida!

 

 Doces de Natal favoritos?

Eu gosto de doces, ponto. Ando a reduzir, mas há doces - como o pão de ló de Ovar - que adoro. E ovos moles, apesar de serem tão, tão doces - ou por isso mesmo. Mas de Natal não sou assim fã de nada... demasiado óleo atrofia-me o sistema... mas pronto umas azevias de grão caem sempre bem. E adoro rabanadas, mas faço-as em qualquer altura do ano - os americanos chamam-lhes french toast, eu gosto mais do nome que os franceses lhe dão, pain perdu... as minhas são embebidas em leite, passadas em ovo e fritas depois, em pouco óleo (de amendoim), que é descartado a cada quatro. Finalmente polvilhadas com açúcar e (MUITA) canela, que é termogénica  - funciona. principalmente, para a consciência... 

 

 Vela perfumada favorita de inverno?

Ah, de maçã e canela, sem qualquer duvida! Nada me cheira mais a Natal!

 

 Luvas ou cachecol?

Ambos. Mas apesar adorar luvas, consigo aquecer as mãos nos bolsos. Já o pescoço não dispensa o cachecol - não me falem é em camisolas de gola alta...

 

 Lembranças favoritas de Natal?

Ah tantas! Mas a primeira foi de a minha mãe me ir acordar à cama e me levar ao colo para a cozinha (eu teria uns três anos) e eu ficar a tremer, literalmente com a excitação de ver todos os embrulhos que o Pai Natal tinha trazido! A mãe sentou-me na mesa ia-me trazendo os embrulhos que eu desembrulhava. Tremi o tempo todo.

A noite de Natal era uma descarga de adrenalina descomunal.

Já com os meus filhos, houve um ano que a Inez queria uma aparelhagem para ter no quarto, e eu convenci-a que não tinha conseguido comprar  e, apesar de ser um cocó a mentir, consegui! A embalagem foi guardada por detrás da árvore, e quando já tinham sido abertas todas as prendas, dissemos-lhe para ir ver que raio era aquilo que ainda ali estava. Quando abriu, abraçou-se a mim e esteve uns bons dez minutos a chorar. Depois sentou-se no chão e volta e meia desatava em soluços...

 

 Ficas em pijama ou estás a preparar-te para a manhã de Natal?

Se ficar em casa, tenho um pijama de Natal. Se sair, lógico que não fico de pijama, duh!

 

 A tua música de Natal favorita?

Christmas Song, de Nat King Cole.

 

 Quem é a pessoa, da tua lista, que é mais difícil para fazer as compras de Natal?

O meu marido. É que para ele TEM de ser uma coisa ÚTIL. E não pode ser um livro, que a mulher dos livros sou eu, se comprar vai para a minha biblioteca, de modo que é batota... e não gosta de perfumes, não usa. De dar em doida...

 

 Podes dar os nome de todas as renas do Pai Natal?

Dancer, Dacher, Donner, Comet, Cupid, Vixen, Prancer, Blitzen e Rudolph!

 

 Qual é o presente mais estranho que tu já fizeste?

Cachecóis, muitos cachecóis. O único que fiz... que me lembre. Não tinham nada de estranho...

 

 Fazes resoluções de Ano Novo e cumpres essas mesmas resoluções?

Não faço, porque não cumpro. Este ano vou fazer, mas nuns moldes diferentes dos habituais...

 

 O que está no topo da tua lista de Natal?

Amor. O que nos une, a mim e ao Victor, a nós e as filhos, às gatas de casa, aos bichanos do quintal. Às minhas pessoas daqui da blogosfera, aos meus amigos do peito. Amor.

 

 A tua árvore é verdadeira ou falsa?

É MESMO uma árvore de Natal, não é falsa. Mas é artificial, que é mais ecológico... apesar deste ano o mais ecofriendly seria um #pinheiro bombeiro, mas o Espírito bateu-me demasiado tarde... (mas estenderam o prazo até dia 17, corram!) No próximo ano, não falha!

 

Tu compras presentes antecipadamente ou esperas pela última hora?

Neste momento tenho uma listinha pequena de pessoas que não ligam ao Natal, por isso as prendas foram compradas esta semana. Mas quando era uma lista com L maiúsculo, começava as compras em setembro, outubro no máximo!

 

 Onde tu moras caí neve?

Não. Nem artificial...

 

Agora vou desafiar três bloggers para fazerem este desafio (podem desafiar os que quiserem, meus amores...) Alexandra, Triptofano, e Happy. Depois passem a outro e não aos mesmos...

merry-christmas-banner-clipart-merry-christmas-ban

5 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Leituras do momento

1507-1 (1).jpg

 

A-Elizabeth-Desapareceu.jpg

 

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

bloglovin1.jpg

 

Instagramem-me:

Aqui e agora