Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Escapadinha à Ericeira, 2ª parte

IMG_20190228_084204.jpg

 

(Continuando...)

 

Acordei à hora de jantar, depois li, vi um nadinha de televisão - meio episódio de Father Brown - liguei o ar condicionado no frio durante 10 minutos (gosto de dormir em quartos frios), desliguei-o, enrosquei-me e voltei a adormecer.

 

Na manhã seguinte levantei-me e desci ao restaurante para o pequeno almoço - que está ilustrado na foto acima, onde só faltam os crepes com chocolate (que fui buscar depois). Miamm...

 

Duas coisas:

o café, tipo americano, que detesto por principio, era fa-bu-lo-so. Eu, a mulher dos expressos, repeti, duas chávenas cheias.

a vista. A gente perde-se com o olhar no exterior.

 

E depois fui até lá fora, onde meia dúzia de pessoas aproveitava o sol, e observava os surfistas.

Sentei-me um pouco e fiz o mesmo.

 

IMG_20190228_090028.jpg

(aqui não está ninguém porque esta foto foi tirada na manhã seguinte antes das nove, e ainda estava tudo molhado da noite - que o mar aqui galga tudo... mas foi aqui que me  sentei)

 

Entretanto lá me decidi a subir ao quarto e vesti o fato de banho, umas calças de ioga e uma t-shirt, e desci para a área saúde. Não levei toalha (devia, mas ninguém mo dissera) e a técnica do spa emprestou-me uma. E foi até à uma e meia: jacuzzi, banho turco, duche, jacuzzi, repete....

 

Depois tomei mais um banho de imersão no quarto, vesti-me e fui comer qualquer coisa, que o que não falta naquela terra são lugares onde comer - apesar de no final de fevereiro funcionar aí a 30%. Ainda passei no Continente (naquela terra tudo é pertinho) e fui comprar garrafas de água de meio litro - as do hotel, que tinha consumido na véspera quase à maluca, custavam €3,00 cada, e eu sou menina de 2 l por dia... por isso, resolvi levar umas quantas na mochila quando regressei ao quarto.

 

Entretanto tinha marcado uma massagem ombros, pescoço, rosto e cabeça, e às 18h lá estava eu. Foi fantástico! Ela desfez-me os "nós" de tensão que tinha nos ombros (de tal maneira que no dia seguinte os jatos do jacuzzi até me faziam gemer), e deixou-me tããão relaxada como não me sentia há séculos!

Terminámos com um chazinho, que é sempre o ponto final ideal.

 

Mais tarde, quando recolhi ao quarto, foi uma daquelas noites em que dormi como um bebé!

 

Leia também:

Escapadinha à Ericeira # 1

Escapadinha à Ericeira #3

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Fátima Bento

    01.06.19

    Agora continua, ainda que faças só uma saudação ao sol por dia! Vai deixar-te o corpo mais flexível, e a respiração é tão importante!!!!
    É preparar o corpo - e o espírito,para esse bebé sair facilmente!
    Beijo
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    01.06.19

    Surya namáskar! Não será demasiado para uma grávida? Se calhar tenho de voltar às aulas para ter algumas orientações acerca do que uma grávida pode ou não fazer no yoga... Já ouvi dizer que é muito pouco...
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento

    02.06.19

    Pois, é melhor fazeres isso. Há asanas que não são indicadas...
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.