Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

13
Dez16

"Este Natal só damos presentes às crianças", e outras barbaridades afins

Esta é uma daquelas coisas que com o tempo se pagam. 

 

E se em termos de educação, neste momento não tenho quaisquer certezas, exceto que devemos fazer o que achamos acertado, o melhor possível, e que seja o que tiver de ser quando forem maiores

(assimcumássim, diz-me a experiência, que NUNCA acertamos, segundo os próprios...),

garanto que esta história dos presentes só para as crianças É UM ERRO. 

 

Ao fazer distinções, sejam elas quais forem, estamos a ensinar que existem privilegiados, que existe uma hierarquia, e que eles estão no topo.

 

(assim um bocadinho como no 'Animal Farm" do George Orwell)

 

Estamos a adulterar o principio de dar e receber - estamos a dizer, toma lá e nem é preciso agradecer, mesmo que lhes digamos, vá, diz obrigado ao tio. Aqui mostra-se o obrigado com o V de volta na forma de um presente, mesmo que simbólico. E eles, pequenos, têm de ver que os adultos, entre si, têm o mesmo valor: também trocam mimos e objetos - mais uma vez insisto, independentemente do valor - porque os grandes também são gente, e têm tanta importância como os pequenos.

 

Não devem bailar frases (às vezes durante semanas, a espaços mais ou menos certos) como 'ah, é um dia como outro qualquer' , 'não quero que me dêem nada', 'este ano não dou nada a ninguém só aos mais pequenos'.

 

A colheita de tais frases e exemplos pode muito bem ser,por sistema, vir o Natal e eles nem sequer pensarem em oferecer o que for a  quer que seja. E expandirem tais hábitos a aniversários e afins

 

MAS

 

vão sempre contar com as suas como certas. e sentir-se injustiçados se assim não acontecer.

 

Sim, estamos a criar uma geração de mimados imaturos. Estamos.

 

E se começarmos por podar estes erros? 

 

Não há dinheiro suficiente? Baixa a fasquia para dar para todos. Em vez do IPhone 7, recebem um 4 ou 5. Em vez de receberem roupa Zara, que seja Primark... não é Barbie, tem direito a ser batizada por quem a recebe. Não é Chicco, é marca branca (mas certificada)... e para os adultos, se mais não puder ser, uns bombons caem sempre bem. Ou umas bolachas... ou... ou...

Baixemos a fasquia e que hajam presentes para todos os presentes!

Feliz Natal!

present-giving-e1324656038428.jpg

 

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.