Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Eurofestival 2018 - telegraficamente falando

Curtinha, curtinha...

 

maxresdefault.jpg

 

- Ganhou quem eu tinha previsto, aqui, há cerca de dois meses atrás.

- O Caetano Veloso está à procura de um buraco desde há uma hora e picos - porque é que o Júlio Resende não lhe deu o tom necessário para entrar com o brilho que merecia?

- o país anfitrião (que por acaso foi Portugal) saiu desta coisa em último lugar, o que na minha ótica (atenção que nunca gostei da canção, como, de resto, toda a gente sabe, acho eu) é, no mínimo, humilhante.

 

Foi um imenso orgulho, fizemos omeletes com poucos ovos e alimentamos toda a gente e ainda sobrou para mais outros tantos.

 

Somos mesmo, mesmo fantásticos!

 

E acho que toda a gente aprendeu qualquer coisa com o Salvador, viu-se pela quantidade de países que cantaram na língua original, e pela diversidade musical.

 

Toda a gente ... menos Portugal...

 

(desculpem, mas é o que acho...)

6 comentários

Comentar post