Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

08
Fev17

Ontem fui ao cinema e... vai daí, "Viver na Noite"

E não vou conseguir, ainda, falar no filme. É como se estivesse a olhar para um aquário e a ver as coisas mais pesadas a assentar no fundo, enquanto as mais leves ficam a flutuar, à espera da rede que as vai remover. Mas a separação ainda vai levar (mais) algum tempo. Provavelmente amanhã já serei capaz.

 

Por isso, resolvi falar do filme do mano mais velho, Viver na noite/live by night que eu e o marido fomos ver no dia 26 (depois daquela aventura do ir, sentar, e não há filme, recebe o dinheiro e adio, adieu, aufwiedersien, goodbye), optando pelo cinema aqui ao pé, e numa sala pequena com um écran a condizer, vimos o filme numas poltronas reclináveis bastante confortáveis - embora a do gajo tivesse a mola partida e guinchasse como uma condenada! O que vale é que ele não se mexe muito...

 

Bem o filme. O Ben Affleck é um realizador que ainda vai dar muito que falar como tal - nomeadamente se se concentrar nisso e deixar as atuações mais desafiadores para o baby brother (lá estou eu a bater no ceguinho... ). Mas de facto o Ben é muito melhor realizador que ator. Ponto. Adiante.

 

 A cinematografia à prova de bala (e parece que este ano quase todos os bons filmes apostaram nesse cavalo) e a cenografia é um mimo.

 

As perseguições nos primeiros Ford, são épicas! 

 

Ben-Affleck-Movie-Set-Live-By-Night-Tom-Lorenzo-Si

 

A história: de gangesters, bem construída, com o rosto práticamente inexpressivo do batman (ai mulher, pára) Ben a servir às mil maravilhas para o papel (será que o homem sofreu alguma paralisia muscular parcial?).

Ou seja o filme é bom até...até que começa a esticar o elástico... e este parte. Os últimos dez ou doze minutos (não estou a contar com os créditos finais, mentes ruins) são não só dispensáveis como excessivos.

Acredito que o realizador tenha querido ser fiel ao livro mas, puta que pariu, por alguma razão o filme é baseado na obra X homónima de Y. Não é preciso NEM levar ao pé da letra NEM até à última palavra da última página!

 

Menos, big brother Ben, MENOS!

 

Mas no fundo, até gostámos. Quando começaram a passar os créditos levantámo-nos em uníssono e quase começámos a correr porta fora, mas gostámos. 

 

609805210.jpg

 

8 comentários

Comentar post