Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

17
Abr14

Os adolescentes, o casamento e a boa forma. Ou a boa forma e o casamento. Ou o raio que os parta.

Fátima Bento

Hoje estava eu a ler este post que merece mesmo mesmo ser lido e VISTO, e lembrei-me de duas vezes em que já se me levantaram os cabelos da nuca ao ouvir a mesmíssima frase dita com a intenção precisamente similar em duas situações dispares, e por duas pessoas diferentes.

A primeira vez foi o meu filho (17 aninhos).

"Estás a preocupar-te com gordura porquê? Tu até já és casada!"

De resposta balbuciei um 'eu não acredito nisto...', e um 'a... a... o pá, tu não disseste isso, 'tás a gozar não 'tás?', enquanto o pai olhava para ele igualmente incrédulo.

Passados uns dois meses, a minha sobrinha (20 aninhos) para a mãe: 'Tu a precisar de fazer dieta? EU é que preciso de emagrecer! Ora, pá, tu até és casada!'

Kaboom!

Aqui, já (mais) preparada, disparei, olha lá, achas que isso faz sentido? (é que vindo de um gajo, eu até dou desconto, mas de uma mulher soa ainda mais disparatado!)

Um Claro! com uns valentes decibéis arrumou o assunto, com toda a gente (neste caso foi num almoço de família) à roda da mesa num silêncio sepulcral.

Isto revela dois princípios preocupantes: que só arranja gajo quem for magra (um equivoco tão, mas tão grande), e que quem casa assina um contrato vitalício independentemente de se 'abandalhar' o quanto quiser. E isto é um contracenso, tendo em conta a taxa de divórcios

- é que NADA DISTO FAZ SENTIDO!

Não faço ideia dos parâmetros que 'fazem correr' (e não me refiro a running, para que conste) aquele pessoal, nem o que é uma mulher magra (neste caso mais aos olhos da minha sobrinha) a que se aspire parecer. No caso do meu filho, pensando bem, chega a ser elogioso, já que acha que  não preciso de causar uma boa primeira impressão, e o resto é cativante que chega e sobra (ele diz-me isto de diversas formas, muitas vezes).

Mas de qualquer forma, que diacho... o que é que estes adolescentes têm, realmente, nas cabeças?

Com o atual falhanço colossal das relações a longo prazo COMO é que se pode pensar assim?

E depois, como no outro programa do Boucherie Mendes, havia alguém que se manifestava irritado com 'porque é que elas só ficam giras e investem na imagem quando se divorciam e não antes?' (com todo o chauvinismo inerente), o que leva a pensar que

a) o gene nasce com eles e

b) elas de facto acreditam no que a minha sobrinha disse

É mesmo de ficar a pensar no assunto... e quiçá voltar a ele outro dia.

É que um dos senhores que se pronunciam no vídeo mostrado no blogue que destaco diz, e É MESMO ISSO,

"That's sexy right there... there's a big momma with a LOT of confidence!"

Mái nada!

8 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

deveraux.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora