Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Para grandes males grandes remédios #1

25.02.14 | Fátima Bento

{sou, sou um bambi}

Este blogue, que ainda é uma pequena criança, está-me a deixar balhelhas. Só um bocadinho, mas assim a modos que a bater mal.

Ele é o contador que não mexe. Ele é o contador do donadecasa que continua (normal) a mostrar tráfego, num movimento superior ao deste blogue - era de esperar que quem lá vai para fazer uma visita e saber novidades, clicasse no aqui do 'a partir de agora sigam-me aqui'. Nope.

Diz o sitemeter que metade das pessoas que lá vão, batem e voltam, tipo ricochete, tungas. O que aconteceu aos mais-ou-menos-cem-mais-ou-menos-fiéis? Eu não sei, mas **puff**, parece que desapareceram. E como deixei implícito na frase com que comecei à voz pequena este post, o meu humor e motivação para continuar a bater na pedra (dura que nem cornos), oscilam à leitura dos digitos.

Soluções?

Claro que sim!

Ou dou uma de vitima de OCD e desato a pespegar aqui diversos contadores e ponho-me a comparar dados, ou então faço uma coisa simples: removo o contador que cá está instalado. Mái nada.

Ou então - que nisto há sempre uma terceira versão meio-termo - altero-o para um semi-invisível (os invisiveis pagam-se) e só o vejo uma vez por mês. Prontx.
Feito.

2 comentários

Comentar post