Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

14
Abr16

Perdi-me.

Fátima Bento

Entre um zig e um zag, perdi-me. Na volta, troquei um pelo outro, ou se calhar foi outra coisa e nem me lembro:

ainda ontem estando sentadinha na poltrona da casa de banho,

olhei para o lado e estava a Piccolina a beber água numa verdadeira piscina - como é que não se esbardalhou no fundo, é um mistério mais misterioso que o de Oak Island - e eu olha! quem aqui está! quando tinha tapado o ralo do lavatório, aberto a torneira, dito espera e vai agora, como faço sempre (aposto que foi assim, porque é sempre) e não me lembro de nada.

Zip.

Nothing.

Mas dizia eu que me perdi.

Há 11 anos atrás a coisa - sendo a coisa, a blogosfera - era mais pequena, e era mais fácil ter carradões de subscritores, paletes de comentários, e tutti e tutti. E eu escrevia que me fartava: sobre tudo e sobre nada. Sabem aquela coisa de ir na rua e 'isto dava um excelente tema para um post', e puxar do talão do supermercado e mais do lápis dos olhos e escrever uma ou duas palavras que me fizessem lembrar quando chegasse a casa.

ddc.png

Os telemóveis não tinham câmaras e os primeiros a ter tinham preços bestiais de caros - então ia ao google imagens, usava o falecido Picnic do Picasa (atual Picmonkey) e editava-as. Às vezes socorria-me do Paint, mas irritava-me. Ah, e como sou muito preguiçosa nunca quis aprender a mexer no Photoshop (acho que sou a única cá em casa que não o sabe usar), mas foi mais porque nunca precisei, tudo o que precisei para enriquecer o blogue, aprendi, intuí, depreendi.

E depois a blogosfera cresceu, e o pessoal profissionalizou o hobby (e aqui o profissionalizou é uma pequena provocação, que não assim assim tantas as bloggers profissionais, cá):

- começaram a tirar workshops de fotografia, a comprar câmaras-tipo-deixa-me-apanhar-a-gotinha-de-suor-do-queixo-do-Cristiano-estando-eu-do-outro-lado-do-estádio;

- surgiram youtubers, que compraram câmaras de captação de imagem em movimento (também conhecidas por "de filmar") e começaram a fazer tutoriais, ou a botar discurso em vez de o escreverem*;

- e depois ligaram-se às redes sociais TODAS, e vai de atualizar o FB, o Instagram (de preferência com pics diferentes), e a tweetar coisas giras que dêem curiosidade a vir ao blogue, e pintrestizaram-se (o que eu gosto do pintrest!) e mais um não sei quantas redes, que já lhes perdi a conta, e não há semana em que alguém não me convide para duas ou três novas (em média).

E eu perdi-me.

Tenho a pagina no Facebook [quase a promover um concurso novo, que os 657 (salvo erro) seguidores não me chegam],

pepfb.png

tenho a pagina pessooal do instagram (grande salganhada, mas eu sou só uma, embora devesse ter duas contas, bem sei),

insta.png

a do twitter serve para partilhar posts - como a do google+, de resto, pelo que nem contam - e a do pintrest é o meu guilty pleasure: perco a noção do tempo...

pint.png

Em meio a isto tudo, 11 anos são mesmo muito tempo, e a gente cresce, nem sempre para melhor, e os temas começam a ser analisados, e de tão analisados, um dois, três passou o tempo! e o que era oportuno passou a ser noticia de ontem...

Deixei de escrever no blogue como uma coisa divertida, para partilhar disparates e parvoíces que fazem rir, e comecei a analisar livros e filmes, quando acho que devo, quando tenho estado de espírito para tal, quando o filme merece um elogio, porque continuo a não gostar de dizer mal.

E a abordar assuntos atuais que me dão volta.

Comecei a verificar a ortografia, as gralhas dos primeiros posts do diário de uma dona de casa (uau, continua a ser o primeiro resultado do google!) agora só se encontram por lá, desandei a polir cada post como se fosse uma coisa para publicar em livro, e o que me divertia passou a ser... um peso.

E perdi-me.

Será que consigo descobrir um nicho novo onde me insira, ou melhor ainda, criar um canto que me faça ter gozo outra vez em blogging?

Wish so...

 

{é que nem é por nada mas estou mesmo a pecisar de uma paixão novinha em folha}

e1c9bd7c5a6d17f22402ff85f2df772d.jpg

* coisa que me deu muito jeito quando o meu pai esteve comigo, porque comunicar, só falando...

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

livro.JPG

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora