Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

09
Dez16

Porque não escrevi sobre o dinheiro que se perdeu para o combate à fome

Ontem falhei o calendário do advento

(mas eu prometo que vou tentar compensar)

Há dias assim. Dias em que a gente decide escrever e há um gremlin que se empoleira no nosso ombro e nos sussurra "para quê"?, e a gente enxota-o, mas o eco das palavras fica.

Hoje ainda estou um bocadinho (mais) assim. Não é que não me apeteça escrever, mas os assuntos...

A noticia do dinheiro perdido em 2016 para o combate à fome no nosso país fez-me, de manhã, abrir aqui o editor. E depois fiquei a pensar que não valia a pena.

Escrever.

 

As histórias repetem-se, e os círculos são pequenos. O dinheiro, dizem as notícias  - que como sabemos, valem o que valem, e que cada vez é menos - serve para promover a distribuição de produtos alimentares pela AMI e pelo Banco Alimentar Contra a Fome.

 

 

Ora a AMI (associação sem fins lucrativos por que tenho o maior dos respeitos e admiração) diz ter, em 2015, recebido uma pequena tranche, pelo que eu, que sou (espero que excessivamente) desconfiada até à medula no que diz respeito ao Banco, pensei logo no que sei, mas só em teoria e no que não sei mas me vão contando, e vieram-me logo à cabeça palavras como corrupção,e boys, e vai daí chutei para canto e decidi não escrever sobre o assunto.

Prontx. 

OscarWilde.jpg

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.