Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

08
Jan15

Registo do dia de ontem:

Saí de casa ao meio dia e estavam QUATRO GRAUS CENTIGRADOS. Por acaso, e como o tio Pedro se continua a esquecer das gotas e eu ia passar o dia na outra banda, ia "c'aporradamãeàscostas", que é como quem diz, levava tudinho o que me lembrei, just in case, acreditando ingenuamente que algo iria ficar no automóvel. ENTÃO NÃO?

Não fossem as luvas serem touch, ontem não tinha atendido chamada nenhuma, muito menos enviado sms's - a menos que estivesse sentada num lugar quentinho e pudesse pôr as mãos de fora. Tenho dois pontos fracos no que diz respeito ao frio: os ombros e pescoço (mas não suporto usar camisolas de gola alta) e as mãos arrefecem com demasiada facilidade. Já os pés, pernas, sem problemas.

Encontrei-me com uma amiga no Brown's, na baixa, e fomos de seguida à H&M. Cada vez que saímos de im edifício até nos vinham lágrimas aos olhos, irra! Mas na loja lá comprei a peça que me faltava e que me deu tanto jeito no caminho para casa: um gorro. Mas no foi um gorro qualquer; foi um gorro gato. 

Bom, à hora devida fui à terapia e quando saí enfiei o barrete, e vim o caminho de retorno a fazer tristes figuras... para quem ainda não viu, ó para ela aqui:

minhau.png

4 comentários

Comentar post