Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

16
Mai18

Ser fit, perder assim tipo 20 quilos ou 30? Não é bem isso...

Fátima Bento

878c31f7da69acc2dddf8e8e9e935de0.jpg

 

Por aqui já sabem:

 

Voltei para o ginásio - não tenho sido tão regular como devia, mas ainda assim tenho ido. Gosto de ir, de lá estar e da energia que trago quando saio;

Estou a ser acompanhada por uma nutricionista - esta é a altura em que faço um F com os dedos, à frente do rosto, e dou graças se não tiver aumentado os valores este mês.

 

E são duas coisas que já me ouviram dizer que não faria - principalmente a segunda. Por isso - e olh'ó cliché! - nunca digas nunca.

 

Porque foi, Fátima, que te decidiste a fazê-lo? Neste aspeto, o meu terapeuta disse logo que saúde (no meu caso) era a resposta errada; tinha de o fazer por prazer, por gostar. Se não, que me deixasse ficar quieta. Mas ao mesmo tempo insistia que descobrisse uma atividade física que me desse prazer... e essa sempre foi sala! Sala e yoga - mas ainda não coloquei os pés na aula porque a barriga atrapalha (é principalmente a cabeça, menina!!!!)

 

Se preciso de perder peso? Preciso. Posso alegar razões de saúde, mas as minhas análises têm valores positivos, a minha tensão é normal... chateia-me a dificuldade em comprar roupa, ah pois chateia. Mas chegou aquela altura do ano em que consigo andar sempre bem vestida - vestidos compridos levemente cintados, sandálias ou sapatilhas, et voiá!

 

O que me leva, então, a querer emagrecer?

 

Primeiro: sinto-me relativamente bem na minha pele. Se não sentisse, era complicado, por pouco sentido que isso faça.

 

Segundo: tenho 50 anos e não tenho maleitas físicas que me atrapalhem (tenho hipotiróidismo, mas isso é crónico, é tomar o medicamento e sigaaa). Mas daqui para a frente, como é natural, o físico vai-se deteriorando, por isso, é agora ou nunca.

 

Terceiro: vai dar-me um imenso prazer aprender a comer. Porque - admito - não sei comer! E este mês não conta, foi o mês zero. A ver se em Agosto, quando voltar da semana de férias, já se me entranhou o almoço que a doutora indicou. Por agora fica como está, não mexe não respira, que entrei a matar, cheia de boas intenções, e rebentou-me na cara - não foi grave mas abalou-me a confiança. Não estou a comer hidratos depois das 19:00h - sou linda! Como a gelatina se me apetecer alguma coisa entre o jantar e o deitar-  ó perfeição.

De resto aos almoços continuam as barras de chocolate siken form. Assim, de fundo, é a única alteração de monta ao que a doutora preconiza.

 

O meu maior inimigo: o stress. A ansiedade que este cria, pede-me uma "recompensa" imediata, que surge sob a forma de chololate, ou similar. A ver se inverto o M.O.

 

E agora o que me vai mesmo fazer correr, é que estou atrasada: já devia estar no ginásio (são as horas mortas, de sala vazia), e ó eu aqui plantada em frente ao monitor!

 

Inté!

8 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

pet.JPG

 

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora