Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

O Ladrão de Sombras, Marc Levy.

Sinopse telegráfica: um garoto descobre que, quando a sua sombra se sobrepõe à de outrem, estas se trocam, e enquanto é portador de outra que não a sua, conhece segredos do dono original da mesma. Paginas tantas cresce, é estudante de medicina, e vai evitando a situação.    Esta história fabulosa - que poderia, ou não, ficar-se pela infância do personagem - seria talvez o éden para um escritor que não estivesse a "despachar matéria" para venda.   Assim, reconheço-lhe a (...)

O livro que nem coiso nem sai de cima, raios partam o Levy...

Um compromisso é um compromisso. E há-os mais e menos difíceis de cumprir - o que não tem tanto a ver com o objeto, mas com o contexto em que se insere. Tendo em conta que me propus a participar na maratona Fusão, como aqui contei, decidi começar pelo 'Ladrão de Sombras' do Marc Levy. E valha-me deus, que não saio da pagina 54! Previsível, dirá quem me conhecer bem: com as pequenas torres de livros que vou acumulando à cabeceira, por forma a escollher o livro 'que me está a (...)