Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Diz que é uma espécie de balanço do ano que acaba...

2016 foi um grande ano. Perdão, um GRANDE ano - e não me refiro ao um segundo extra que vai ter, nem falo do mundo.   Falo do meu mundo.   Se pudéssemos fazer uma retrospetiva visual em fast forward, acreditem que iam rir com a minha avaliação e achar que não bato bem da bola... levei porrada de meia noite, de tantos lados diferentes - e tantas vezes ao mesmo tempo... não consegui fazer coisas que me propunha nem num registo de curto prazo, porque quando eu pensava: ok, boa, uma recta!- aparecia, não sei de onde uma curva fechada, ou se tinha a certeza que ia numa via de sentido único, apareciam-me veículos em contra-mão.

Ráisparta as indecisões...

Pois que sou Balança e as pessoas que nasceram sob o signo da Libra alegadamente são indecisas. Por ser Balança ou não, a verdade é que indecisa é o meu nome do meio, mas como para tanta coisa na minha vida, tenho truques de sobrevivência, e um deles é a fuga para a frente E a falta de paciência exclusiva quando se trata de escolher coisas. Gosto? já está, sigaaaa.   No entanto, há alturas em que não tenho escapatória e tenho mesmo de escolher. Neste caso COMO avaliar 2016? E COMO prever 2017?

Olha quem já tem voz!!!!!!!!!

Pois é, meus amores, já cá estou outra vez. A ver se não tenho nenhuma recaída... conheço quem já esteja assim há três semsnas. É a #maltaquenãoéplosantibióticos e aguenta bravamente a gripe.   - A ver que é o primeiro a ultrapassá-la sem recurso aos ditos cujos OU a desistir e tomá-los... eu 'tou d'olho...   Mas o que me traz aqui é a canção de Natal deste ano, do Jimmy Fallon...    Feliz Natal para todos!!!!!!

Life is what happens while you're making other plans - John Lennon

Ora que tive uma paragem de digestão no jantar de dia 30, pelo que passei dia 31 a vomitar, parando antes de entrar no ano novo. Pensava eu que hoje já estava "fina", depois de fazer o réveillon na horizontal, e eis que ainda não me seguro de pé. Os último dia de 2015 e primeiro de 2016 foram passados em repouso e vamos ver se amanhã não vou ao hospital... De resto, não tenho lista de decisões para este ano, uma vez que vamos trabalhando e resolvendo a vida, conforme esta se nos (...)