Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

"As palavras estão gastas" (Eugénio de Andrade*)

À força de tanto uso, as palavras que queríamos fortes, e que imprimissem emoção à voz e à mensagem, acabam puídas, desgastadas, semi transparentes no impacto que perdem.   Mas há frases que não poderão nunca perder a força com que saíram da boca de alguém pela primeira vez, porque se as abrirmos encontramos uma caixinha a abarrotar de razões para o perpetuar da emoção, para des-gastar as palavras. E pô-las a brilhar de novidade e importância renovada. Sempre.   Po (...)