Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Felicidade? É isto...

A felicidade é bestialmente simples, ou então sou eu que me contento, e valorizo, pouco - e este pouco é tanto que me transborda o coração!   A entrada do bebé Ippo (o meu filho deu-lhe o nome, inspirado numa serie japonesa que ele e o pai veem) na nossa vida foi uma surpresa; eu tinha, de facto, vontade de adotar mais um bichano, mas essa ideia tinha sido afastada, para já, dado o estado de saúde da Mia. Até que outros valores mais altos se impuseram (...)