Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

A minha avó Brizida

 A minha avó era a melhor cozinheira do mundo. E  detestava cozinhar - acho que o detestar dela era igual ao meu, não era o ato em si, era mais a tomada de decisão. E, no seu caso, o não sair praticamente da cozinha durante todo o dia, porque a família não tomava as refeições sempre junta, e ela não se coibia de fazer pratos diferentes para as netas. Mas tudo o que saía daquelas mãos era de lamber os dedos. A mãe, embora fosse pela lei do menos esforço, e já que tinha a (...)