Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

O meu balanço

- do desafio da Caixa de lápis de cor

  Chegámos a meio do desafio - escrevemos seis cores, e faltam precisamente outras seis.   Neste ponto é capaz de ser engraçado contar como - e porquê - surgiu este desafio. Em 2018 participei num outro que consistia em escrever um texto por dia subordinado a uma palavra, numa lista de 31. Não o fiz todo (um texto criativo por dia é uma brutalidade...), mas os textos que escrevi deram-me imenso prazer, pelo fiquei com essa memória. E este ano, quando voltei ao blogue depois do (...)

Contas feitas...

- a conclusão do balanço anual, finalmente!

  Em 2020 tive a oportunidade de decidir o que queria e o que não queria na minha vida. E tomar semelhante decisão não é facil, aperceber-mo-nos do que está a mais e do que nos é imprescindível tem o seu quê de complicado, logo na forma: como fazê-lo? Durante anos desejei profundamente ter a capacidade de ser tranquila, a serenidade sempre foi aquele ponto desejado e, sempre acreditei, inalcançável.   Ao longo do ano fui afastando o que preenchia a minha vida, ficando esta (...)

Ráisparta as indecisões...

Pois que sou Balança e as pessoas que nasceram sob o signo da Libra alegadamente são indecisas. Por ser Balança ou não, a verdade é que indecisa é o meu nome do meio, mas como para tanta coisa na minha vida, tenho truques de sobrevivência, e um deles é a fuga para a frente E a falta de paciência exclusiva quando se trata de escolher coisas. Gosto? já está, sigaaaa.   No entanto, há alturas em que não tenho escapatória e tenho mesmo de escolher. Neste caso COMO avaliar 2016? E COMO prever 2017?