Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

30
Out18

Quentes e boas, mais dez respostas de The Big 5-0!

Fátima Bento

E mais uma semana, mais dez respostas. Só fica a faltar um bloco de respostas, para a próxima semana!

 

31 - Que tem a Fátima atual a dizer à Fatinha dos 15 anos? (Alexandra)

No ano dos meus 15 anos, estive bastante doente (para além da depressão, que essa é transversal). Até o tempo de televisão era contabilizado para não me cansar... apesar disso, como a minha irmã tinha um clube de vídeo (naquela altura as cassetes eram betamax, e 98% dos filmes não traziam legendas, pelo que melhorei bastante o meu inglês) aproveitei para ver um magote de filmes.

O que me dizer nestas circunstâncias?

Não faço ideia. Só recordo que as coisas pioraram nos anos seguintes... e para retirar alguma esperança que eu ainda tivesse, mas valia ficar calada...

32 - Vantagens e desvantagens da decisão de ter deixado de trabalhar para estar com os filhos a tempo inteiro? (Ângela)

Vantagens são as óbvias: estar presente no primeiro passo, na primeira palavra, acompanhar no primeiro dia de escola, ter disponibilidade para os escutar, construir uma boa relação com ambos...

Desvantagens são algumas: há um lado nosso que fica engaiolado, e quando queremos que ele saia, primeiro não quer, e depois quando vai saindo, devagar, descobre que passou um porradão de anos e que não existe um lugar certo para estar. E vai ter de fazer tudo de novo, e reconhecer-se, que já nem sabe bem que é...

E fica a pairar a dúvida se os filhos sentem menos respeito por nós, porque não estamos lá fora a fazer coisas, ou se somos nós que nos sentimos assim e refletimos nos filhos uma realidade ficcionada...

33 - O que muda em nós mulheres dos 40 para os 50? (Célia)

Hummm... acho que varia. A idade média para a mulher entrar na menopausa são os 51, por isso, aos cinquenta estaremos já na perimenopausa (nem todas, a coisa varia), o que é um bocadinho chato... mas assim como a idade varia, os sintomas também. A coisa que mais me tem irritado são os afrontamentos - tenho poucos e espaçados mas quando tenho, parece que o calor vem de dentro para fora, dos pés à cabeça, precisamente ao mesmo tempo. Arghhh!

Mais: para quem é sedentário com S maiúsculo (ou minúsculo, vai dar no mesmo) é a última chamada para se começar a mexer; é juntar-se a um ginásio, ou começar a fazer caminhadas, qualquer coisa, mas é imperativo mexer-se, pela sua saúde!

34 - É verdade que não há regrets, que a maturidade nos traz também aceitação( Happy)

Bom, regrets acho que há sempre. Nenhum de nós é perfeito e durante os cinquenta primeiros anos da nossa vida devemos ter cometido uns quantos erros... no entanto a aceitação supera uma grande parte. Já passou, já ficou lá atrás, para quê perder tempo e energia a matutar no assunto?

34 - Cai-te 1 milhão de euros do céu (pode ser o do Euromilhões, vá) o que fazes? (Alexandra)

Em primeiro lugar, pirava-me. Ia morar para um lugar onde ninguém me conhecesse. Depois, era numa casa não muito grande mas com piscina (adoro água). Um Prius (e o marido que escolhesse um que gostasse, claro; eu é que sou a gaja das máquinas grandes, ele iria escolher um mais pequeno, que eu sei...) E viajava mais - assim mesmo na loucura, contratava uma empregada para ir lá a casa ajudar todos os dias, para os gatos a conhecerem bem e poder viajar tranquila. Tirando isto, ficava tudo igual, acho - ou então tenho falta de imaginação...

 35 - Países ou lugares que ainda queres visitar? (Célia)

Ai, Célia,que seriam tantos! Mas como tenho - e tenciono ter sempre - gatos, não posso ir para longe, por isso fico-me pelas capitais europeias, todas, se faz favor. E mais umas quantas cidades que não são capital - por exemplo, Florença, Milão... e queremos muito voltar à Disneyland os dois. Ah, e Marrocos, claro, que também se faz num fim-de-semana... sonho era um cruzeiro nos fiordes da Noruega, com direito a aurora boreal...

Bom, e hei-de fazer um cruzeiro de uma semana, alguém há-de fazer pet sitting... mas isso não há-de ser para já... 

(no caso de me cair um milhão de euros do céu, como aventa a Alexandra, o problema ficaria resolvido)

 36 - Tens projetos? (Ângela)

Tenho, pois. Estão na gaveta. Agora só me falta descobrir qual e encontrar a chave!

38 - Amar um homem só? (Happy)

Ponto prévio: não tenho intenção de amar mais nenhum.

Mas não, amar um homem só é redutor. Há tantas formas de amar... igual amar uma mulher só, amar um gato só... caraças, o nosso coração tem tantos quartos! Amamos cada um de maneira diferente!

39 - Se tivesses que ser uma super vilã qual seria o teu maléfico poder? (Triptofano)

Lia pensamentos e manipulava os outros com base nisso (é far fetched, não tem piada, mas não me consigo lembrar de mais nada...

40 - Já agora, manda um recado à D. Fátima, de 80 anos. (Alexandra)

Bom, avó, viste como, noves fora nada, correu tudo bem? Ainda tens uns aninhos pela frente, aproveita! Paaaarty!!!

 

 as primeiras 10 respostas

 o segundo pacote de dez

 o terceiro bloco

 

09
Out18

BIG 5-0 - o segundo pacote

Fátima Bento

E aqui está o segundo bloco de respostas às perguntas que me fizeram há uma ano e picos atrás....

 

A elas!!!!

 

   11.Aos 50 o que é que se faz: acredita-se mais ou duvida-se mais?(C.S)

Ambos. Vai-se ganhando uma espécie de filtro (quiçá estará mais afinado aos 60, aos 70...) que põe tudo em perspetiva. Se antes acreditávamos com alguma ingenuidade, agora tomamos quase tudo com uma pitada de sal. O que não quer dizer que não sejamos ingénuos de vez em quando, mas o desconfiómetro está mais apurado... 

E desconfiar, ah, desconfiamos. Mas em muitas coisas já nem nos damos a esse trabalho: damos tempo. O tempo resolve, mostra. É isso e deixar de ter-por-ter de ganhar discussões que não interessam nada. Sigaaaa!

    12.O que é mais valioso nesta vida? (Chic'Ana

Liberdade. Amor. Paz de espírito. Deitar a cabeça na almofada e não ter arrependimentos de maior a roer a consciência. Estar rodeada por quem me ama, e que eu amo. 

    13.Quais as coisas que mais detestaste  fazer ao longo destes 50 anos? (Célia)

Perder. Perder pessoas queridas, perder a esperança que amanhã é um novo dia, perder a capacidade de acreditar que a vida, se resolve sozinha (embora precise sempre de um empurrãozinho nosso...). A gente recupera - e quem perdemos continua connosco! - mas quando olhamos para trás e vemos o disparate que nos parece ter sido deixar de acreditar, é desolador, triste e irritante...

    14. Aos 50, és a pessoa que esperavas ser quando tinhas 20 anos? (Alexandra)

Acho que aos vinte não nos conseguimos imaginar com cinquenta... - mas não seria impossível imaginar o zag em que o zig desembocou... embora não tenha ficado pior por isso...

    15.De que mais te orgulhas neste teu percurso? (mami

De ter chegado até aqui. As probabilidades não pesavam a meu favor.

    16.É verdade que o sexo é mais gostoso aos 50 nos do que aos 20? (dESarrumada)

Sabes que a minha memória é uma pequena bosta, nem me lembro o que jantei ontem... é que não faço ideia! Acredito que seja muito diferente, e sim, possa ser melhor. Deve variar de pessoa para pessoa, como em tudo.

    17.Como te sentes com cinquenta (e um) anos? (Ângela)

Tenho dias. Há dois dias estou como uma pica do demo, mas ainda há poucos dias me senti francamente exausta. Mesmo em fases boas há sempre uma porcaria qualquer que se enfia na engrenagem, e os 50 tiraram-me a capacidade de engolir sapos e continuar no dia seguinte, como no pasa nada. Ai pasa, pasa....

   18.Qual 'O' momento mais marcante da tua vida?(happy)

Dia 16 de novembro de 2009, dia em que passei  no exame de condução. Em retrospetiva nem consigo imaginar como consegui viver tantos anos sem. O salto na qualidade de vida é assombroso!

   19. Aceitavas ser barriga de aluguer, para que outra mulher concretizasse um sonho: ser mãe sem poder ter filhos?(Cheia)

Para a minha filha, sem pensar duas vezes. Para a minha nora, idem. Mais ninguém. Seria aterrador (não é exagero, seria mesmo aterrador) entregar um bebé que estivesse dentro de mim durante nove meses, a pessoas que mal conhecesse, e nunca mais o voltar a ver. Só de pensar nsso, fico angustiada...

Mas teria uma exigência: drogas, muitas drogas. Repetir o parto dos meus filhos, em que nem epidural me deram? na na ni na não!!!!

   20.Achas que os 50 correspondem à meia idade? (anónimo)

Cruzes, não! A menos que a qualidade de vida aumente de tal forma que aos 100 estejamos aí para as curvas! Os 45 são a (minha) meia idade. E sim, talvez os cinquenta sejam os novos quarenta ou o que lhes quiserem chamar, mas invariávelmente, não são a meia idade!

 

Para a semana há mais!

 

... e na semana passada, o primeiro pacote foi assim

02
Out18

BIG 5-0: tardo mas não falho!

Fátima Bento

Há um ano atrás pedi para me fazerem 50 perguntas para os meus 50 anos.

 

E fizeram.

 

E eu andei um ano, 365 dias, a ponderar, respondo uma por post... faço respostas longas... respostas curtas... o que é que eu respondo a esta (sendo esta, várias)... valhamosanto - e a paralizar. A meio do ano decidi que nada como dizer o que é ter 50 anos um ano depois de os ter feito: é como responder se a agua está boa NÃO quando estou a entrar, MAS ao sair!

 

Por isso, com os agradecimentos a todos os que me fizeram questões, inicio aqui as respostas, sendo as primeiras não pela ordem como me foram feitas - escolhi responder a dez perguntas de dez pessoas diferentes. Nos proximos blocos, a coisa será, provavelmente, diferente... ou não..

 

Então aqui vão as dez primeiras!

 

 01.Neste meio século de vida, quais foram as aprendizagens mais importantes que fizese acerca da vida? (PP)

Que tudo tem solução, que os momentos difíceis são finitos, e hão-de chegar dias melhores. Aprendi que devo seguir mesmo o meu instinto. E definitivamente, não existem verdades absolutas…

   02.Assim à guisa de resumo de meio século, o que te falta fazer? (happy)

Tanta coisa! Acho que faltam fazer mais coisas que as que fiz até agora… olha, ser avó!

Ai, tanta coisa! Faltam-me fazer coisas que ainda vou descobrir, porque descobrimos coisas a nosso respeito todos os dias!

   03.Se fosse possível, voltavas atrás? (David)

Nem pensar. E não estou a fazer uso daquela frase (de treta) que é costume dizer, não mudava nada porque isso faria de mim uma pessoa diferente, e gosto de mim assim… nada disso. É mesmo porque há muito no atrás que eu não gostava de voltar a passar, mesmo sabendo o que sei hoje…

“O passado ficou atrás, o futuro há-de vir,e o que temos é o agora, é por isso que lhe chamam presente” (não sei quem disse mas é verdade, verdadinha).

 

   04.O que é que tencionas deixar totalmente para trás nesta nova etapa? (Mula

O passado, que já ficou lá atrás – mais fácil dizer que fazer. Mas estou a tratar disso, dar por encerrados projetos meio abertos, a seguir direto para o arquivo morto (isso ainda existe?)

 

   05.Qual a maior lição de vida que aprendeste ao longo destes 50 anos? (Chic)

Que sei tão pouco! Que não tenho direito de fazer juízos de valor porque nunca – NUNCA – estou na posse de todos os factos. E mesmo que esteja, não sou o outro, com todas as condicionantes que a vida lhe infligiu.

Ai, Chic, foram, e vão sendo, tantas!

   06.Se tivesses que escolher um, e apenas um, cosmético para usar durante o resto da tua vida qual seria? (abordar sff a marca, zona para onde ele é destinado e outros detalhes pertinentes) (Triptofano)

Eu sei que já respondi a esta pergunta com um protetor solar da La Mer, mas per’aí!

Partindo do princípio que me passa esta preguiça de me besuntar, e que fico fã desses miminhos todos, achas que me contentava só com um? Ora seria o champô, o condicionador, a máscara capilar, o desmaquilhante, o sérum, o contorno de olhos, o hidratante, o óleo, o protetor solar, a espuma de duche (da Rituals), o creme corporal, o deo, o spray para a pele e tecido - igual à linha de duche - o creme para os pés, o creme para as mãos, o esfoliante, a máscara facial, o balsamo labial…

Querias tu substituir tudo isto por UM produto????

 

   07.Se tivesses nascido e vivido noutro país, qual teria sido para ti o sítio "ideal"? (desarrumada)

O Canadá. As pessoas são tão friendly que acho que me ia sentir em casa…

   08.Quais as coisas que mais gostaste de fazer ao longo destes 50 anos? (Célia)

Todos os dias têm coisas boas, temos é de as encontrar.

Assim de chofre: gostei (muito) de ir à Disneyland com a minha família. Gostei de tirar a carta e conduzir todos os dias (ou quase) desde aí. De ter passado os últimos dias da vida do meu pai junto a ele. Mas isto são gotas de areia numa praia com um areal imenso…

 

   09.Sentes o peso dos 50? (cheia)

Então não? Sinto eu e a balança…

 

   10.Qual a canção que mais tempo te acompanhou? (mami)

Mais tempo… acho que terá sido o How Deep is Your Love, dos Bee Gees. Ainda hoje oiço com prazer… a versão que me apaixona agora é esta

 

Daqui a uma semana publicarei as dez seguintes... me aguardem 

 

B'jinhos, e mais uma vez, obrigada a todos vocês!

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

pet.JPG

 

... e também

xmas book.JPG

 

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora