Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

04
Ago17

O que adoro no Verão #10

Fátima Bento

#10 Altruísmo

 

É daquelas coisas que não existem palavras suficientes para descrever. Eles estão lá quando são necessários, são incansáveis e não pedem nada em troca, exceto a humanidade de alimentação capaz de lhes prolongar a energia, e tempo de descanso.

 

1141119.jpg

 

 Imaginam como seria sem eles? Não, pois não?

 

É essa constatação que é necessária por parte de todos os portugueses.

 

bombeiros_foto_paulo_cunha_lusa12635b55.jpg

 

Eu pela minha parte não tenho palavras para agradecer o tanto que fazem, todos os anos, por todos nós, pelo nosso território. Não consigo imaginar as condições em que trabalham, com os fatos que protegem contra os elementos, e que só de si pesam horrores e fazem o corpo subir a temperaturas incontáveis.

 

Com a maior humildade, pequenina como uma formiga e de coração nas mãos só me ocorre usar uma palavra:

 

OBRIGADA.

 

... por todos nós

 

Veja também;

adoro 8.jpgadoro 7.jpgadoro 9.jpg

 

 

03
Ago17

O que adoro no Verão #9

Fátima Bento

#9 Leituras

06e55724ac8f6c4aa9ec4f761c2bbe47.jpg

 

Há montes de gente que junta pilhas de livros contando lê-los nas férias; eu não sou uma dessas pessoas.

Durante a minha semana offtudo, leio, pois leio! Revistas.

 

ISSO MESMO: revistas.

 

Comigo vai a Biba, a Santé, a Top Santé, a Marie France (não a Marie Claire, que o tipo de papel cola-se aos dedos e é um sufoco virar as páginas) e irão também a Máxima, a Activa, a Lux Woman e a Saber Viver. Nessa semana atenho-me a textos curtos e imagens.

Nem é que não consiga mergulhar numa leitura longa... é que a fantástica função onírica de um livro embotoa-me os voos que faço sozinha, traça-me rumos, balizas, e não quero nada disso; a semana off é semana de deixar o pensamento tomar o freio nos dentes e a criatividade correr em sangria desatada.

 

Seguir-se-há a semana da praia, em que já lerei livros em casa antes da sesta, ou à noite, antes de apagar a luz da cebeceira. Na praia nem pensar, fico-me pela música.

 

[E depois virá a rentrée, e com ela novos títulos, e o bichinho de experimentar coisas novas, estilos e autores diferentes. Pela minha parte, tenciono "fazer compras" nas minhas estantes. Fora de portas, só mesmo O pianista de Hotel, que só comprarei quando me estiver MESMO a apetecer lê-lo (também não renegaria Nem todas as Baleias Voam, de Afonso Cruz... é um caso a ponderar)]

 

Mas o Verão dá para tudo: pôr as leituras em dia devagar, dar corda à criatividade... tudinho.

 

... a seu tempo.

 

 

Veja também:

adoro 6.jpgadoro 7.jpgadoro 8.jpg

 

 

02
Ago17

O que adoro no Verão #8

Fátima Bento

#8 Bebidas refrescantes

 

Com o calor existem mil e uma formas de nos hidratarmos com bebidas fresquinhas.

Em primeiro lugar, a água é obrigatória. Eu sou daquelas pessoas que andam sempre de garrafa atrás - tanto na rua como em casa. Agora descobri (sim que já vou tarde, toda a minha gente conhece) as garrafas de meio litro Sólan de Cabras, azuis, que têm o bocal ideal para evitar rugas código de barras (não riam, que beber água pela garrafa - coisa que faço SEMPRE - é mesmo mau... pior só mesmo fumar, mas como não tenho esse vicio...)

 

Adiante. 

 

Ora que este ano se fala tanto, mas tanto de águas aromatizadas que não há como não experimentar! Ora vejam:

 

3488282e4d03c565382222b31d1d66ab.jpg

 

Obviamente é simples: 

1. Colocar rodelas de laranja em quartos e rodelas de kiwi num jarro ou frasco, cobrir com água e levar ao frio durante umas horas;

2. Juntar a um punhado de groselhas uma mão cheia de folhas de hortelã. Proceder como no nº1;

3. Neste caso, são mirtilos e rodelas de lima. Eu daria um corte, ou apertão aos mirtilos, para o sabor ser mais intenso;

4. Este é super refrescante: pepino e rodelas de limão;

5. A um punhado de manjericão, juntar morangos fatiados (adoro manjericão, tenho de provar esta!)

6. Finalmente, tudo ao molho: juntar tudo num único recipiente - coisa que eu não faria, acho que acabava por ter um sabor intenso mas indefinível... 

 

Experimentem E tentem não juntar açúcar. No caso de sentirem mesmo que precisam, adicionem stevia, principalmente se estiverem num regime de perda de peso.

 

(eu não acho que o açúcar é o mal do mundo, mas a stevia é uma planta e adoça igualmente, com uma quantidade bastante inferior...)

 

AGORA um dia eu havia de me passar da marmita e fazer um post de Verão mesmo grande, certo? Olhem aqui um cocktail super simples para fazer para um final de tarde... na receita original usam prosecco, mas nós podemos usar um qualquer espumante meio-doce

 

b545a92eadfe34cd550481a8192bb8df.jpg

 

Misture uma garrafa de espumante mesmo fresco com 1 dl de licor de limão (limoncello ou simlar - existe no Lidl). Junte 250 g (ou outra quantidade a gosto) de framboesas* congeladas, e folhas de hortelã à vontade, num jarro previamente gelado.

Voilá!

 

*se não gosta de framboesas, use morangos, amoras ou mirtilos... mas congele antes - ou compre já congelados.

 

Nota: para ser direcionado para os posts originais das receitas, clique sobre as fotos, e para mais cocktails de verão com espumante, vá até aqui

 

Veja também:

adoro 5.jpgadoro 6.jpgadoro 7.jpg

 

 

01
Ago17

O que adoro no Verão #7

Fátima Bento

#7 Praias fluviais

 

O ano passado, enquanto estávamos lá em cima, comentei com o Victor que apostava que em 2017 a tendência seria fazer a rota das praias fluviais - mais não fosse porque haviam uns quantos companheiros de estalagem que estavam a fazer precisamente isso, enquanto outros intercalavam-no com o precurso das aldeias de xisto (que começou por ser tendência há coisa de dois anos atrás, e se mantém).

 

E este ano os incêndios vieram deitar um nadinha de areia para a minha predição. De qualquer forma, moeram mas não mataram, e em Mação estas continuam "a bombar", pelas novas que tenho recebido no meu Instagram...

 

 

Por isso, se querem fazer qualquer coisa diferente e andarem pelas redondezas (que as há em diversos concelhos que não apenas em Mação), ide conhecer os mimos de quem delas cuida com tanto carinho!

 

mw-1240.jpg

 

Vale mesmo, mesmo a pena!

 

Veja também:

adoro 5.jpgadoro 4.jpgadoro 6.jpg

31
Jul17

O que adoro no Verão #6

Fátima Bento

#6 Us time

 

(uma derivação de me time, que tem igualmente lugar...)

 

Nas férias afastamo-nos de tudo e recuperamos as cores que a lufa-lufa do dia a dia esbateu. São aqueles momentos em que só nos dois existimos (por uma semana que seja) e nos quais recordamos porque nos apaixonámos há tantos anos atrás, e por que continuamos apaixonados até hoje*.

 

Bem sei que há um imenso número de casais que quando se deparam cara a cara e sem o trabalho e as rotinas habituais de premeio, se redescobrem - e não gostam do que encontram. Daí tantos decidirem separar-se a seguir às férias.

 

Mas não estou a falar em nome de ninguém, a não ser no meu. E para mim (para nós, de resto) estas semanas isoladas das tarefas habituais de todos os dias são uma pequena lua-de-mel, renovável em pequenas escapadinhas ocasionais - que são sempre menos de que desejariamos...

 

É tempo que gastamos juntos, em que namoramos, conversamos ou ficamos apenas num silêncio cúmplice.

 

E sabe-nos pela vida!

 

6623ab0509c30b023086cc94405358b7.jpg

 

*não há cá contos de fadas a não ser nos livros, e não tem sido uma linha reta, sem solavancos! Tem dado trabalho mas valido muito a pena.

 

Veja também:

adoro 3.jpgadoro 4.jpgadoro 5.jpg

 

 

 

28
Jul17

O que adoro no Verão #5

Fátima Bento

#5 Offline!!!!

 

Pois que diz que estar offline é o novo luxo...

Pois que diz que é um must have, pelo menos uma vez por ano...

 

Pois que eu adoooro!

 

offline.jpg

 

Naquela semana que estamos fora, não há net para ninguém. Nem telefone, de resto, o nosso operador não chega à quinta com força suficiente. Só quando vamos almoçar - o que este ano vai ser um sofrimento acrescido, porque vamos passar pela desolação que este incêndio deixou - temos rede e podemos ligar dados. Tipo uma hora por dia, pouco mais, para falar com família, ou responder a alguém que tenha tentado entrar em contato. Mais nadinha.

 

Sinceramente, não me faz qualquer diferença. Já no dia a dia passo sem ir às redes sociais com a maior das facilidades, e esqueço-me do telefone em casa amiúde - ainda ontem tive de voltar a casa para o resgatar, porque preciso da musica no comboio (pancada!), e tinha a lista de compras fotografada nele. Mas para as férias irá o velhinho MP3, e o telemóvel há-de servir só para eventuais fotos.

 

A maior parte do tempo que passo no pc é por aqui, no canto do blogue. Mas isso vai ficar preparadíssimo!

 

Por isso, meus amores, vão haver duas semanas durante Agosto em que não vou responder a comentários. Os posts vão surgir, como habitualmente, mas responder só depois das férias... eu aviso antes, ok? 

 

Vai ser sol e água fresca na primeira semana, sol, areia e sal na segunda.

 

(mas juro que vou ter saudades vossas! E avanço que na segunda semana, muito provávelmente, não resisto a vir dar feed back se deixarem comentários )

 

Veja também:

adoro 2.jpgadoro 3.jpgadoro 4.jpg

 

 

27
Jul17

O que adoro no Verão #4

Fátima Bento

#Água

 

cb4b7a9bbfbefcc711aa443058244229.jpg

 

 

É assim: em qualquer altura do ano o apelo é irresistível. Posso ir à praia em qualquer mês, que pelo menos os pés tenho de molhar, por muito fria que esteja - e levo sempre umas calças extra na bagageira porque sei que mal os pés se habituam à temperatura, avanço e fico molhada até ao traseiro, quanto mais não seja porque as ondas ao passarem molham mais acima...

 

No verão é a loucura. Nomeadamente em piscina - a praia tem demasiada gente... - aquele relaxamento total, o mergulho a espaços curtos...

 

(em outra encarnação devo ter sido peixe)

 

neste sentido, é preciso pouco para me deixar feliz...

 

A praia, por outro lado, tem prazeres acrescidos... o odor a mar, o som das ondas...é magneticamente relaxante. Mas

 

- e raios que há sempre um 

 

nos meses de férias está sempre a rebentar pelas costuras!

 

E parte da minha paz vem do sossego de haver pouca gente em redor... por isso a solução é chegar cedo quando ainda está deserta, e quando começa a encher passar mais tempo dentro de água...

 

Mas o Verão e a praia, a piscina... há lá coisa melhor?

 

 

Veja também:

adoro #1.jpgadoro 2.jpgadoro 3.jpg

 

 

26
Jul17

O que adoro no Verão #3

Fátima Bento

#3 Liberdade

 

Pode parecer uma inerência, e avanço já que não é exclusivo do Verão: se há coisa que prezo é a liberdade, isto 12 meses por ano. 

 

(mas admito que no dia-a-dia me esqueço disso às vezes... na teoria é tudo tão mais simples...)

 

Mas no Verão, não é preciso andar atrás dela: ela agarra-nos. Os dias maiores dão-nos a ilusão de que podemos fazer mais do tempo que dispomos - e durante as férias aproveitamos para fazer mesmo mais sem olhar para as obrigações inerentes.

 

Fazemos os nossos horários, e cola-se-nos à pele aquela ideia de que somos capazes de fazer tudo o que quisermos - a produção de endorfina e noradrenalina, por exemplo, aumenta, estimulada pela luz do sol, e enfatizada pelo dolce far niente, e ajuda a euforia latente que nos acompanha durante aqueles meses, tendo a sua epítome durante as férias.

 

5b2495be91f83ba292666ee50d042ba6.jpg

 

Por isso, seja realidade ou fantasia, a liberdade que o Verão nos transmite é insuperável!

 

Veja também:

adoro #1.jpgadoro 2.jpg

 

 

25
Jul17

O que adoro no Verão #2

Fátima Bento

#2 Roupa

 

Não, não me estou a contradizer; bem sei que foi um dos meus detesto... mas falei na roupa para vestir dentro de casa, e agora refiro-me à roupa para vestir FORA. 

Com um guarda roupa bem estruturado, é fácil nem pensar antes de vestir! O meu está estruturadíssimo: meia dúzia de vestidos compridos e fluídos. É só enfiar um e pronto! 

(e nem pensem que isso advém do atual excesso de peso, porque já o fazia antes - Verão é para descomplicar!)

E nos pés, sandálias, não há collants para pensar e vestir, e meias, só no caso de usar sapatilhas, o que no meu caso é raríssimo nesta altura...

 

Ora vejam a foto exemplificativa... com menos 50 quilos (sim estarei a exagerar!)

 

2016.1.jpg

 

Há-de chegar o tempo da saia, blusa, cardian, sobretudo, écharpe ou cachecol? collants, sapatos ou botas? e essas minhoquices todas que nos acrescentam 10 ou 15 minutos à rotina matinal. Agora é vestir e sair!

 

O que eu gosto desta estação, senhores! 

 

Veja também:

adoro #1.jpg

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

livro yalom.png

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora