Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Ou nem por isso

- a sobreviver à depressão, inspira - expira, inspira - expira...

  Esta imagem: é quase assim que me sinto; dava-lhe mais um bafo de ar, colocava o balão dentro de um armário et voilà, perfeito.   Os meus dias são cópias exatas uns dos outros. Levanto-me. Vou à casa de banho, dou de comer aos gatos, espremo o meu meio limão, junto 2dl de água e vou para a sala. Tomo o medicamento da tiroide, ligo a tv e vejo os programas que gravei na véspera.   Uma hora depois, mais coisa menos coisa, faço o meu pequeno almoço, que é tomado (...)