Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

29
Set17

Mother mia!

Fátima Bento

cartaz.jpg

 

Hoje fui ver Mother!, porque quis formar a minha própria opinião. Tanta gente a dizer mal, alguns (diz que) a dizer bem - não li ninguém que dissesse bem, mas gostava - e como não gosto que tenham opinião por mim, fui.

 

Bom, para começo de conversa, não consigo classificar o filme. Não há rótulo que se lhe cole... terror? Ná, tem uma cena Yuck ou duas, mas não é terror; thriller? Talvez um pouco mas ainda assim... não lhe ponho etiqueta.

 

mother 1.jpg

 

Pelo inicio do filme antecipei o final e o core da história . Acho que não é difícil. E é fantástico o trabalho da câmara, ao incidir sobre Jennifer Lawrence quase todo o tempo, porque ela é, de facto, o pilar da história. Todos os outros personagens são acessórios, e no final entendemos porquê - e que ninguém é insubstituível....

 

Nunca, repito, NUNCA vi um filme como este. E isto não é uma opinião nem positiva nem negativa. Isto é uma afirmação.

 

mother desenho.jpg

 

Darren Aronfsky venda-nos e roda-nos um sem número de vezes sobre nós próprios, antes de nos pôr a caminhar sobre um arame esticado a uma altura descomunal. Às paginas tantas estamos completamente perdidos, e se o cérebro tenta fazer sentido do que vê, a mente cede e desiste de todo. A trama numa espiral em crescendo, numa velocidade cada vez mais acelerada deixa-nos sem conseguir ligar frases no cogito. Tudo deixa de fazer sentido até que PUFF volta a fazer, e acaba.

 

Saí de lá com a cabeça a rodar. Tentar fazer sentido... o meu filho perguntou-me quando cheguei a casa: qual a mensagem do filme? Eu consegui responder, o narcisismo, a cultura do ego e até onde se vai pela adulação. Mas tenho a certeza que esta NÃO é a RESPOSTA CERTA, provavelmente esta não existirá.

 

mother barden.jpg

 

Não me tenho em conta de ser uma pessoa curta das ideias, mas saí a sentir-me estúpida. A sentir que a confusão que o ponto alto do filme é não faz qualquer sentido . e SEI que a ideia é mesmo essa, mas não entendo, palavra, o porquê. O porquê de investir numa história assim, contada daquela forma completamente louca - com direito a internamento.

 

Mother! pode ser um grande filme. Ou não. Mas não é, repito, NÃO É uma porcaria a que se dê uma estrela.

 

mother.jpg

 (este é, mesmo, o meu poster favorito)

 

E sei que vai andar a passear-se na minha memória durante algum tempo*...

 

 

* ...e garanto que existem coisas muito mais agradáveis para ocupar o seu espaço no meu disco rígido. Mas não o vou conseguir apagar tão já.

 

P.S: palpita-me que ainda volto a falar no assunto... estou a escrever e os pensamentos a dar reviravoltas parecem peças de puzzle com hipóteses de encaixar...

 

fotos daqui

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

as gemeas.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora