Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

26
Out18

Here I go again...

Fátima Bento

pill.jpeg

 

Hoje estou em dia-de-não-escrever.

 

Há dias assim!

 

Há coisa de dois anos que não tomava anti depressivos, mesmo quando me ia mais abaixo o meu terapeuta - que também  é psiquiatra (e psicanalista) - convencia-me sempre a tentar, uma semana de cada vez, aguentar-me sem eles.

 

Mas ontem nem  tentou. No final da sessão saí de receita no telemóvel. Agora quem já tomou fluoxetina/prozac, sabe que os primeiros dias (vá, duas semanas) são um inferno de efeitos secundários. Por isso estou aqui agoniada, ensonada... bah.

 

Não consigo deixar de sentir que dei um passo atrás, o que é absolutamente falso: eu tenho estado no sobe e desce todo o Verão - para não ir mais longe - e o Outono deixou-me de rastos. 

 

Por isso, pronto, azamboada e agoniada, vou comprar bolachas de água e sal para ver se me seguro. Yikes.

 

Até mais logo, ou assim.

 

Bacci

13
Jan15

Dizer o quê? Fazer o quê?

Fátima Bento

Se me tivessem perguntado antes do Natal como é que tinha sido o meu 2014, eu diria que tinha sido um ano bom. Cheínho de porcaria atrás de porcaria a acontecer (mais de que) por sistema, mas mesmo assim, cresci como pessoa, e para melhor - bendita a hora em que comecei a fazer psicoterapia - e por isso o saldo era positivo.

Agora façam-me lá essa pergunta hoje, 13 dias depois de começar o ano, 21 dias depois da consoada. Vai, força! 

desespero.jpg

Canudo, uma pessoa esforça-se. Esforça-se para que as coisas corram bem. Esforça-se, digo eu, demasiado. E adivinhem o que acontece? O copo vem por fora e o derrame é imenso.

Não há para onde me vire, tirando o super marido, que não leve uma bordoada, ou não anteveja a vontade de me lixarem. O filhote tem dias - e são muitos mais os dias sim que os dias não, honestamente. Da filha não falo, black out ao assunto. E depois há os outros, que são muitos no meu micro universo, puta que os pariu a todos.

Estou cheínha, a deitar por fora.

Como é que esta charada vai acabar? Por mim ia já plantar galinhas e tirar os ovos às batatas, ou lá como é. Mas nem isso posso fazer, porque há um empecilho que me vai acabar por deixar maluquinha quando somado aos outros todos - este vale aí 55%.

E pronto farta de todo de tudo e todos dou por findo este post. 

Porque até para isto estou sem pachorra.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

liv.JPG

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora