Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Eu não existo #345 733

  Fui há pouco ao post de abastecimento. Disse o que queria, bomba quatro, gasolina, etc. de enfiada, e a mocinha ficou branca como uma folha de papel liso. E repetiu?    ... e quer mil euros???   E eu, de olhos esbugalhados: eu disse isso? Ela só agitou afirmativamente a cabeça.   Não, disparate, trinta! Estava a ler o titulo daquele livro (Eu mileurista me confesso) e baralhei os fusíveis!...   Claro que tive de repetir tudo, o número da bomba e o tipo de combustivel.   Ist (...)

Eu. Não. Existo. MESMO.

Bom, vou desbundar-me à séria. Isto é assim: eu sou a coisa mais despistada deste mundo e arredores. Meeeeesmo a sério. Diz o terapeuta que é muita merda coisa a exigir atenção na minha mente ao mesmo tempo, e esta faz uma seleção natural. Ora aqui nem a seleção  nem o natural  têm obrigatoriamente nada de lógico. Ou sequer de amiguinho. Tipo vou comprar comida para as gatas ao hiper, que fica a 5 minutos de carro de casa,  e dou comigo a entrar na autoestrada, cuja (...)

Se eu fosse um filme era uma comédia blockbuster...

Pois que há pouco mais de duas semanas perdi o rasto a um dos meus cartões MB.   Eu SABIA que o tinha trazido para casa - mesmo assim liguei para a pizzaria, onde o tinha usado pela última vez, e, claro, não tinha ficado lá. E ainda perguntei noutros lugares - não são poucas as vezes que tiro do porta moedas o "baralho de cartas" para escolher o cartão certo, e poderia ter deixado ficar aquele sobre o balcão. Embora fosse estranho ser o único que faltava no resto do "baralho".   Virei a sala do avesso: afastei o sofá, abri as dezenas de revistas que por aqui pululam (e que têm de ir para a reciclagem), para ver se tinha ido parar dentro de alguma delas. Nada.