Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

05
Mar18

Ganhou, caramba!

Fátima Bento

Bom, eu estou fora de mim. Acordei a casa toda - diacho, acordei o prédio todo!, fui atacada por uma gata, saltei, pulei, chorei... chorei(?!?) - o que é possível gostar de um filme, senhores...

 

Ah, caramba, que eu receava pela vitória de Three billboards outside Ebbing Missouri, e (muito,mas muito pior) de Get out, coisa que (só) me passou pela cabeça depois da entrega dos Spirit Awards... mas ganhou a fantasia, o love conquers all, num dos mais belos filmes do ano.

 

best pic.JPG

 

The Shape of Water levou o cobiçado Óscar de melhor filme, Guillermo del Toro de melhor realização, e o filme arrecadou ainda o de melhor banda sonora e finalmente, melhor direção artística.

 

Para me deixar igualmente radiante, James Ivory ganhou o prémio de melhor argumento adaptado por Call me by your name , enquanto o melhor argumento original foi para Get Out, e admito, terá sido merecido.

 

Melhor atriz, como esperado, foi Frances MacDormand (que fez o discurso da noite), e melhor ator, o previsto e soberbo Gary Oldman por Darkest Hour. Melhor secundária foi como se antecipava para Allyson Janey, por I, Tonya, e melhor ator secundário, o óbvio Sam Rockwell por Three billboards... levou a estatueta para casa.

 

Mas "sofri uma derrota": This is me, o hino de todos nós, não ganhou o Óscar de melhor canção... já dizia Richard Brody esta semana, never bet against Pixar... o que depois que se confirmou com as estatuetas de melhor filme de animação e melhor canção arrebatados por Coco.

 

Quanto às categorias técnicas acertei em poucas, mas Blade Runner 2049 levou dois Óscares, coisa que me deixa muito contente, e Dunkirk levou um punhado deles.

 

Agora aqueles caramelos todos vão para as after parties, receber goodie bags com "cenas várias" que custam uma pipa de massa e às quais não vão ligar meia, e eu vou para a caminha que já são 5:42, e estou cansada. Mesmo, mesmo cansada.

 

Até mais logo! Assim tipo ao final do dia.

 

30
Jan17

Screen Actors Guild (SAG) Awards - o fim do tabu

Fátima Bento

screen_actors_guild_awards.jpg

 

Esta noite foram entregues os SAG awards 2017 (que, como todos os prémios, são referentes ao ano anterior, i.e., 2016).

 

{ Parecerá um pouco estranho que se proceda a festejar e distribuir prémios em meio a toda esta instabilidade que se plasma num imenso ponto de interrogação cor de laranja. Mas há que ver o assunto de outro ângulo: é desta forma que as vozes se continuam a fazer ouvir, de cada vez, com mais força. E que se espalham à escala mundial. }

 

E caiu de vez o tabu, aquela coisa de que todos, ou quase todos, os prémios valem o que valem porque há muito mais envolvido de que filmes/series - implicando que se misturam coisas como política com os mesmos.

Pois este ano misturar política e prémios de cinema/televisão é assumidamente não só real, como aceite, recomendável - e vou mais longe, necessário. Kerry Washington, em poucos segundos disse o porquê, logo no inicio da transmissão:

 

 

E foi a isso que se foi assistindo no desenrolar da noite: a discursos de aceitação profundamente assentes em princípios políticos que gritam nas entrelinhas 

 

NÓS NÃO TEMOS MEDO

 

de falar, de assinalar, de apontar o dedo, de defender os nosso direitos. Mesmo não sabendo o que daí vem ou pode vir. Este é também o nosso papel.

Abaixo, o discurso mais emotivo da noite.

 

 

2017 é o ano em que o politicamente passou a mais que correto numa sociedade a desconjuntar-se porque O POVO AMERICANO (obrigadinho!) deu a um homenzinho o poder de fazer o que lhe aprouver, não porque saiba o que está a fazer, mas porque pode.

 

Para a lista de premiados, espreite aqui:

 

(para ver outros discursos, vá a you tube e procure por SAG acceptance speeches)

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

kinsella.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora