Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Escapadinha à Ericeira, 3ª parte - melhor impossível!

(via booking.com) E no terceiro dia levantei-me com as galinhas, por forma de tomar o pequeno almoço com calma, e às nove estar a entrar no espaço saúde, hora a que abria.   Depois de encher a barrigota com o habitual - estão a ver, um buffet onde há tudo o que pode passar pela cabeça, e mais o que nem passa, vou direto para os cereais, despejo duas doses de müesli, junto umas bagas goji, uma colher de chia, três amêndoas, passo pelos iogurtes e levo dois naturais. Coloco na (...)

Escapadinha à Ericeira, 2ª parte

  (Continuando...)   Acordei à hora de jantar, depois li, vi um nadinha de televisão - meio episódio de Father Brown - liguei o ar condicionado no frio durante 10 minutos (gosto de dormir em quartos frios), desliguei-o, enrosquei-me e voltei a adormecer.   Na manhã seguinte levantei-me e desci ao restaurante para o pequeno almoço - que está ilustrado na foto acima, onde só faltam os crepes com chocolate (que fui buscar depois). Miamm...   Duas coisas: o café, tipo americano, (...)

Escapadinha à Ericeira - parte 1

  Nos últimos dias de fevereiro estava de tal modo exaurida, quase a ter um tareco, que resolvi tirar uns dias de me time - peguei em mim e fui passar uns dias num hotel que tinha debaixo de olho há algum tempo.   E Rocinante abastecido, mala(s) feita(s), pus-me a caminho da Ericeira. Ali chegada, rásmaparta, que as ruas estreitas não ajudam nada, primeiro que desse com a entrada do hotel foi um atrofio. Acabei por estacionar junto ao mercado e ir à praça ao lado, onde comi um (...)

The day after

E no segundo - e último - dia, acordámos no Inverno. Nevoeiro espesso, vento e frio, o que imprimia uma outra magia à paisagem.     Descemos para o pequeno almoço relativamente cedo, que ainda queríamos voltar a usar o banho turco. O buffet satisfazia - ao contrário do jantar, era bem diverso. Fiquei-me pelo pão de sementes, e pelo incontornável iogurte natural com müesli, chá, e no final um café expresso. Mas havia mesmo muito por onde escolher - e sem atropelos!  Quando (...)