Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Como se o Espírito Natalício não andasse pela hora da morte...

Hoje meti-me no Rocinante e dirigi-me ao Rio Sul, aqui mesmo ao pé, para comprar as coisas necessárias para o jantar de Natal. Acessos desimpedidos, ó pra mim toda feliz!  Até que entrei no estacionamento. Dei a volta ao piso intermédio - não cabia nem uma agulha. Desci ao piso zero. Idem aspas. Subi ao piso superior, ao ar livre: pensa outra vez.    Perdi quase meia hora nesta brincadeira. A deitar fumo pelas orelhas, desandei e fiz-me a caminho do Almada Fórum, que assimcumássim (...)

As merdas que trazemos dentro da mala*

Ontem foi um dia comprido. Caramba, que foi um dia loooongo. Quando finalmente voltei de Lisboa trazia o saco* a deitar por fora. Literalmente. Horas antes, quando ia a entrar no estacionamento da Fertagus, e a maquina me cuspiu o talão para posteriormente proceder ao pagamento do mesmo, comecei por colocá-lo no assento do pendura, ao lado da mala* de forma visível - o silo da estação, a cause da ecologia (o raio que os parta) tem detetores de movimento e ligam as luzes quando as (...)