Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso 2.0

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso 2.0

... e 'mái nada!

20 Fev, 2018

Fui à janela!

Vocês não imaginam a confusão que me fazia pensar nos bichanos do quintal enquanto estava na cama... eu sei que há mais pessoas a dar-lhes de comer, que eles não passam fome (nem pouco mais ou menos). Mas eu só pensava que eles não me iam reconhecer... é que a febre fez-me perder completamente a noção do tempo. Foi uma semana, mas podia perfeitamente ter sido um mês.     Quando me sentei aqui na sala pela primeira vez depois dos dias infinitosna cama, o Victor perguntou-me (...)
15 Fev, 2018

Tá bonito...

Ligou a minha irmã. Atendi - (Olá dona mana) - eu disse, mas ouviu-se silêncio.  Começo a lutar contra o muco que me guarda a voz. Empurro para a direia, para a esquerda, na tentativa de um "tou?" que ela ouvisse. Limpo levemente a garganta, senão é um ataque de tosse de cinco minutos. Ouço: - Como tu estás!!!!! Entretanto apanho - e agarro com unhas e dentes - um fio de voz. E lá declino um convite para almoçar no sábado, que não,  não estarei capaz de sair de casa.   Es (...)
15 Fev, 2018

A gripe

Pois que apanhei a gripe deste ano, ou melhor, presumo que ela me tenha apanhado no comboio na segunda (ou não). Nessa noite vi o Crime no Expresso do Oriente com o Victor, e o mesmo foi pontuado por uma tosse parva feita de cof isolados e intervalados. Depois deitei-me. E foi quando veio a febre e a tosse mais a sério. No dia seguinte acordei meio morrida mas ainda fui almoçar à sogra. Quando voltei,    (...)
... que hoje não houve calendário do advento porque a gripe não desarma.   E apesar de ter ido até à Costa da Caparica (vestida como se fora para a Sibéria) passear a maleita, como mostrei no Instagram, a verdade é que se na noite passada tive febre, hoje estou igual. E não há cabeça - nem corpo - para mais de que fazer alguns embrulhos.   Tenho biscoitos à espera de ser feitos, tenho a casinha de gengibre à espera de ser montadae népia... eu sei que se começar neste (...)
Hoje a terapia foi um mimo. Eu, à conta de bebidas quentes, lá consegui passar de afónica a MUITO rouca, projetando a voz "por cima" (não faz sentido? esqueçam...). O terapeuta já estava muito rouco a caminho do afónico. De maneira que pelas vozes ninguém nos conhecia! Aquilo filmado já estava viral, eheheheh.     * jogo de tabuleiro que mistura perguntas de cultura geral, adivinhar por desenhos, por gestos...  
Tudo quanto é município de norte a sul do país, está este ano está a fazer aldeias natalícias. Aqui o Câmara da minha xafarica não se cortou à coisa e tungas, eis que hoje o trânsito estava um caos quando chegámos do cinema - pipól, ainda não eram 16:30h!!!! Estacionámos o Rocinante junto a casa e descemos à dita aldeia, murada a branco (...)