Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Carta Aberta ao PM António Costa

Ex.mo Senhor Primeiro Ministro:   Acompanhei, como todos os meus co-cidadãos, os incêndios de Pedrógão, em junho passado, aterrada, incrédula. As 65 vítimas foram 65 a mais. Demasiadas e obviamente escusadas. Vi e ouvi pedirem a cabeça da MAI, e achei precoce. Juro que achei.   Em julho e agosto, Portugal continuou a arder. O segundo Grande Incêndio de Mação, lembra-se? Um concelho, tido como o pulmão de Portugal, em cinzas. Pessoas desalojadas, mas perigos maiores (...)

Urgente remar contra a maré e encontrar soluções a pôr em prática!

 (foto Brais Lorenzo, via Sic Noticias)   Já não há lágrimas, já não há coração apertado nem sequer pequeno: desapareceu. A respiração pesa, os olhos picam.   Não existem explicações capazes de apaziguar as dúvidas.   Irá continuar? Irão decerto continuar as alterações climáticas devido ao aquecimento global, as ondas de calor fora de época. É mais que certo.   Temos de contar com isso e n (...)

Raios partam os incêndios!

Lembram-se de ter falado aqui, há umas semanas, de que tinha havido um incêndio no Lugar onde fica(va) a casa do meu avô? Pois que ontem havia outro em Cardigos, que é a vila mais próxima - de resto o sítio onde vou almoçar quando estou de férias.   E diz o Victor: vamos de férias e arriscamo-nos a apanhar algum incêndio lá... o que eu posso responder é que ali é a zona do (...)