Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Sarah Mckenzie no CCB

A noite passada recordei o quanto gosto de jazz - e porquê.     Como se pode depreender pela foto acima, fui ver Sarah Mckenzie no CCB, e se o quarteto abriu nitidamente a medo, depressa entrou no frenesim tão característico de um grupo com aquela dinâmica. Cada instrumento era uma voz - e a voz era igualmente um - e faziam-se claros diálogos, discussões acesas, concordâncias e desacordos. Foi absolutamente arrebatador.   De menos bom, há a assinalar a frieza da sala. Metade (...)