Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

As 5 coisas boas desta semana, que me ocorrem...

  Mais uma semana em largura e não em comprimento... não consigo separar cada um dos dias. Continuo a culpar as noites, que me cortam o dia às fatias, e às tantas não sei muito bem onde acaba um dia e começa o outro...   Por isso, 5 coisas boas? A ver...    chegou o Verão (pelo menos até ver); as temperaturas subiram, o sol já brilha. Ir à praia, com o inquilino novo, parece-me mesmo muito difícil antes de ir para cima, mas quando regressarmos será possível. E já não (...)

O melhor que li em 2017

Não li tanto quanto poderia, mas este ano foi uma sucessão de altos e baixos, loopings e screwdrivers, pelo que a disposição emocional para tal passou-me muitas rasteiras... ainda assim li um punhado de excelentes livros.   Já aqui falei da saga Melrose, do St Aubyn, pelo que nem vou voltar a tocar no assunto. Juro. Adiante pois, saltando já sem mais delongas, para o MEU livro do ano.     Vá, admitam que vos salta à vista O livro do ano de 2014 segundo a Waterstones. Pois que (...)

A outra metade de mim, de Affinity Konar

  Comecei a ler e a achar o livro muito mais leve de que devia, segundo os meus parâmetros. E as paginas iam passando e eu ia ficando zangada cá no fundo com tanta leveza, apesar de compreender perfeitamente que aquele era a ângulo que a autora tinha escolhido para perpassar a forma que as crianças tinham criado para conseguir sobreviver ao horror. Ainda assim, tive mais de que uma vez a egoísta vontade gritar impropérios para os níveis soft e naïve que a autora conferira à (...)