Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Sou uma sentimentalóide sem remédio...

Ao meu lado agora, está uma coisa de me fazer um nó na garganta. Aqui, ó:    (as cornucópias castanhas sobre branco são a minha saia)   Ela chegou-se por querer comer o mesmo que o pequenito (quando ele come), e beber leite de gatinho (quando ele bebe). E foi ficando o tempo todo, um no sofá, a outra na otomana... e depois ela foi pedindo colo de vez em quando. Já lhe deu uns safanões, uns chega para lá, mas tudo sem unhas. E agora foi isto. Nem duas semanas, e é isto!   Nad (...)