Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

09
Abr18

Aquele abraço! (porque o dia de ontem merece um post)

Fátima Bento

Ontem fui ao cinema como Victor. Vejam se adivinham que filme fomos ver? Hum? Pois que fui ver outra vez, na mesma semana (bom tecnicamente diz que a semana começa ao domingo por isso foi em semanas subsequentes) Ready Player One, desta vez em Atmos. Por isso já tenho a opinião que me fugia... num dos próximos dias falarei nisso.

 

Depois voltei para casa. E fui "acompanhando" a viagem da minha amiga desde o Porto até aqui.

 

E depois...

 

A Angela chegou! Pouco depois das 21:00h demos "aquele abraço" que estava adiado há uma mão cheia de anos... quase duas.

 

abraço.JPG

 

Saí de casa às 20:00h, e apanhei acidente à saída da ponte, pelo que cheguei mais tarde de que pensava. Pior: apanhei chuva e duas ou três rajadas de vento no tabuleiro da ponte que me devem ter deixado os nós dos dedos brancos a agarrar o volante. Tive de ir para a faixa do meio, que a da direita, por causa do metal estava mais escorregadia (ou parecia). A menina do GPS voltou a fazer um bom trabalho. Mas juro que quando parei o carro estava com o coração fora do sitio... raio de cidade que quando chove se deixa de ver as linhas da estrada!

 

Gozem, gozem... sim, eu sou suburbana, e não conduzo em Lisboa! #excetoquandoofaço

 

Mas prontx, seguimos para o Vasco da Gama para comer qualquer coisa - e quando saímos de lá já os restaurantes estavam a fechar... deixei-a no hotel - e nos entretantos fiquei sem bateria no telemóvel, o que deu um jeitaço para o GPS #sóquenão... valeu-me o power bank!

 

Foi pacifico sair de Lisboa e chegar a casa. 

 

De maneira que no 6º dia com o outro, o mesmo cumpriu com distinção. Hoje também vamos estar juntas, mas vou de comboio ;)

 

06
Abr18

O quarto dia com o outro

Fátima Bento

chuvas-nordeste-compressed-696x464.jpg

 

Hoje, não sei se repararam, mas choveu (lá agora!)

 

Foi como adormecer na Primavera e acordar no Inverno. E estas mudanças na luminosidade do dia dão-me cabo dos neurónios.

 

Planos para o dia de hoje, tirando tarefas domésticas: escrever no blogue, ir ao ginásio, seguir para Lisboa para uma sessão de terapia, e ir ao hipermercado comprar os ingredientes para o jantar de amanhã. 

 

Levantei-me um pouco mais tarde de que nos outros dias desta semana, passavam uns minutos das nove, e voltei para a cama a dizer às gatas -  é só xixixixixixixixixi!!!! - senha para não me azucrinem a molécula e esperem, fáchavor, assim aí até ao meio dia. Ok, quinze minutos depois, se tanto já estava sentada na cama a esfregar os olhos e a maldizer tudo de que me lembrei. 

 

Pequeno almoço das garotas, café, sala, pc, blogue. Vem uma e ocupa o colo disponível, vem a outra e encosta-se à anca. Tá-se.

 

Mas hoje nem por isso. Eu estava completamente balhelhas... a chuva e a falta de luminosidade meteu-se-me debaixo da pele e entrou-me na veia.

 

Raios. Que assim é difícil funcionar...

 

Hora de comer o pequeno almoço. Vai um iogurte com mirtilos e uma colher de sopa de muesli. Mais um mergulho no pc, agora um pouquinho no Farmville. E upa, preparar a mochila para o ginásio. Ficou tudo prontinho, era só pegar e levar. A chuva caía e bem e eu resmungava. Fui escolher a roupa para vestir. E deitei-me em cima da cama, vindo a Piccolina a correr e deitando-se no meu colo. RONRONRON em atmos.

 

Eu a olhar para o teto e a pensar porra, agora metia-me dentro da cama e enroscava-me uma hora ou duas. Estava tão arrasadinha da cabeça; não queria sair de casa! Negociei comigo: pronto, almoças com calma e vais direto para a estação, deixa lá o ginásio hoje. Lá saí de cima da cama, peguei nas barras da Siken Form e voltei para a sala. Vi um episódio de Designated Survivor enquanto comia. Vesti-me, peguei na mala, enfiei a gabardine, e saí porta fora. Vento. Muito vento. E frio, caraças!

 

Entrei no carro molhada e a bater o dente. Peguei no telefone e liguei para o consultório. Não vou conseguir ir hoje. Pronto. Arranquei e conduzi o carro pela primeira vez com chuva. Foi pacífico, a condução não sendo tão fluída como no Rocinante, já nos entendemos. As luzes, check, as escovas, check, não houveram problemas. Entrei para o estacionamento do Centro Comercial. Dez  minutos às voltas à procura de lugar. Santíssimo! Dia de semana, meio da tarde, já fora da hora de almoço, e não cabia um alfinete em nenhum dos pisos cobertos... ARRE!

 

Quando subi pela segunda vez, havia um carro a sair! Lá estacionei e fui comprar umas coisas que necessitava, e na continuação, fui até a Amora ver o rio, para não vir enfiar-me na cama. Passei os olhos por uma revista que comprara e ouvi musica. E páginas tantas lá voltei.

 

Ou seja, risquem a sexta feira. Sei que o dia de hoje existiu porque sei que estive com uma telha descomunal, embora sem nada que a provocasse. Exceto a luz que o dia não tinha. Isso provou a existencia do mesmo, juntamente com o facto nunca mais acabar...

 

Está visto, tenho mesmo que comprar o aparelho de fototerapia, raios...

 

Sexta feira 6 de Abril, 23:52h

 

04
Abr18

Eu e o outro: segundo dia.

Fátima Bento

Hoje pus o ginásio de folga, porque ontem estava sentadinha imóvel e não havia músculo que não me doesse. Por isso resolvi deixar o ácido lático fazer o que lhe compete - que não me lembro o que é, e não vou pesquisar - e fiz-me à estrada com o substituto, para ir ao cinema.

 

RPO-620x349-IT.jpg

 

 

E fui ver o Ready Player One, do Steven Spielperg, com os efeitos todos, óculos 3D cadeiras a mover, safanões, inclina para trás, para frente... água na cara... ou seja, nem me perguntem se o filme foi bom, que eu só vou ter opinião quando o vir num écran normal: a estimulação multi sensorial deixou-me sem saber se era dos raios que vinham de cima, do vento que soprava, dos solavancos quando os carros batiam... mas gostei. Bué.

 

Não trocava esta experiência; até porque não me deu jeito nenhum pagar o que o bilhete custa, mas como na semana passada não fui vê-lo e acabei por ter a sorte de o apanhar ainda na sala 4DX, lá fingi que não vi os dígitos no visor quando dei ok antes de marcar o código.

Mas a experiência mereceu o que custou.

 

Quanto à condução do outro, hoje foi intuitiva, não houveram sobressaltos nem sustos de maior, já consigo fazer o ponto de embraiagem, e quase que acerto com o timing de tirar o pé (quando não acerto, o gajo ruge a plenos pulmões, ráisopartam).

 

O que gosto mais no carro: os retrovisores panorâmicos E o ar condicionado. O Rocinante tem muitos ângulos mortos, é muito comprido, este praticamente tem a traseira a 90º, e os 5 ou 10 segundos que tenho de esperar entre abrir o pisca e mudar de faixa para ultrapassar (não vá estar algum escondido no ângulo morto - apanhei grandes sustos quando o comecei a conduzir...), neste caso não se aplica, a visibilidade é total.

 

Mas continuo a afirmar: que venha o meu corcel! Mesmo todo sarapintado de tinta, que o prédio aqui ao lado esteve a pintar e o vento ajudou a tinta a espalhar-se, qual spray, pela carroceria, plásticos, vidros... o condomínio está incontatável... e eu passadinha que o meu carro é antracite e o prédio foi pintado de amarelo areia... e tratar do meu lindo com o amor e carinho que merece custa a módica quantia de €150... não será assim tanto, MAS não estou com estômago para pagar pela merda que outros fizeram... 

 

E o barulho que o silêncio faz é uma coisa que me põe mesmo a bater mal... MESMO...

 

De resto, seja em que circunstância for... os problemas resolvem-se falando, comunicando.

 

Assim, NÃO.

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

deveraux.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora