Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

E vão sete por estas bandas

- venham outros tantos, se fizer sentido!

  Fevereiro é aquele mês: contabilizo os anos de blogging no dia dois e, dez dias depois, dá-se o aniversário deste blogue.   Vão sete anos desde que mudei de espaço, "fechei" o dona de casa e "inaugurei" o porque eu posso. 1437 posts, 9471 comentários e 1750 reações depois, encontro-me a teclar de onde o faço de há uns anos a esta parte: alapada no sofá, portátil ao colo. Não é que não haja secretárias nesta casa, mas habituei-me a isto. Geralmente há alguém (...)

Obrigada Sapinho!

- tão bom, tão bom, tão bom :)

  Uma pessoa ausenta-se porque quer descobrir as coisas que são realmente importantes, e regressa quando confirma que isto de escrever no blogue já lhe está no sangue. Pensa que perdeu tudo, ou quase, desde os leitores habituais até à capacidade de passar a mensagem - aiqueuedeixiedeconseguirescrevermaisdequeduaslinhas     E depois volta e escreve três posts. O primeiro (tão a medo!), a agradecer a quem ficou, na esperança do regresso, a quem veio meio ao engano e decidiu (...)

Que o sonho nunca acabe!

Faço minhas as palavras do nosso Presidente Marcelo: (...) houve dias em que achei que tinha feito tudo e que por um bocadinho correu mal Isto pode acontecer a todos. E aquilo que lhes queria dizer e disse em nomes dos portugueses é que lhes queria agradecer por estes dias de alegria. Foram quinze dias, três semanas de alegrias e de sonhos. O país vibrou, encheu as praças, por isso fico-lhes eternamente grato pelos sonhos que permitiram alimentar e pelas alegrias que proporcionaram”   Obrig (...)

OLÁ 50! CHEGUEI!

Deixem-me erguer o troféu: consegui chegar aos 50. Contra ventos e marés. Por isso estou de parabéns -  pela perseverança e por tanto teimar.        E pergunta-me o João B. via FB, como me sinto ao chegar aos cinquenta... olha, com orgulho e esperança. E projetos. E garra. E, se me é permitido, pelo na venta, como diria a minha avó. Sinto que posso fazer pontaria e almejar a lua, porque sei que serei capaz de, se não a conseguir atingir, pelo menos agarrar muitas estrelas.    A 

António Lobo Antunes, 75 anos de tanta vida que nos dá

  É dificil escrever sobre o que gostamos realmente.   Ando a ler há anos - sim, a expressão é mesmo esta  ando a ler/vou lendo -  os livros de crónicas do António Lobo Antunes - assim meio à socapa, que as crónicas são que se vão lendo, menores, tendo em conta a obra do Escritor ... mas o António consegue ser assim: põe-me a lê-las aos bocados, devagarinho, e sem usar marcador de páginas. E volta e meia, ah deve ter sido aqui que fiquei, não li esta, e ao chegar (...)

3 anos de Porque eu posso (sim, eu sei, estou adiantada...)

Hoje é sexta feira E ao fim de semana aqui a blogosfera não roda acima dos 20/30km /h, e é se estiver mau tempo, senão nem isso.   Ora acontece que aqui a xafarica faz 3 aninhos neste domingo. E vai haver muito menos gente para celebrar de que se fosse a meio da semana, porque estão todos na vossa vidinha (e eu na minha, muito provavelmente). Por isso,   e independente de no domingo vir aqui brindar a todos os que têm a pachorra de cá passar e de comentar e tudo e tudo,   ten (...)